TRANSPORTE DE ÓRGÃOS

FAB recebe homenagem por atuação na Operação Transplante

Instituto Nacional de Cardiologia reconhece a contribuição da Força Aérea no apoio ao transporte de órgãos
Publicado: 06/03/2018 09:40
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Tenente Aline Fuzisaki
Edição: Ten Emília Maria - Revisão: Major Peçanha

O 3º Esquadrão de Transporte Aéreo (3º ETA), localizado em Santa Cruz (RJ), foi homenageado, na segunda-feira (05/03), pelo Instituto Nacional de Cardiologia (INC) por sua atuação durante a Operação Transplante, que ocorreu na madrugada de 6 de fevereiro.

Naquele dia, a cidade do Rio de Janeiro estava paralisada por bloqueios na Avenida Brasil e nas Linhas Vermelha e Amarela, quando o 3º ETA foi acionado para cumprir uma missão de transporte de órgãos. A tripulação decolou de Santa Cruz com destino à Curitiba (PR), onde os médicos realizaram a captação de um coração. Após o procedimento, a tripulação retornou ao Rio de Janeiro levando o órgão a ser transplantado.

Do aeroporto ao INC, uma ambulância foi escoltada por mais de 20 motocicletas da Polícia Militar do Rio de Janeiro levando o coração doado ao seu receptor, um garoto de 12 anos.

Os militares do 3º ETA receberam as homenagens do Diretor do INC, o médico João Manuel de Almeida Pedroso, em solenidade realizada na sede do Instituto. O evento também contou com a presença de autoridades e profissionais do Sistema de Saúde do Rio de Janeiro e do Sistema Nacional de Transplantes (SNT).

O menino transplantado e sua família participaram da cerimônia, que homenageou outros profissionais presentes na Operação, como os militares da Polícia e do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro.

“O Esquadrão foi homenageado em função da pronta-resposta no acionamento e operacionalidade dos tripulantes, pois havia pouco tempo para captação e transplante do órgão. Receber uma homenagem como essa é muito importante e significativa para todos os integrantes do 3º Esquadrão de Transporte Aéreo. Simboliza que a ação coordenada entre a FAB e os diversos elos da sociedade produz retorno extremamente positivo para a população, além de ratificar a prontidão do esquadrão e da Força Aérea na nobre missão de integrar os brasileiros, de integrar a nação”, afirmou o Comandante do 3° ETA, Major Fábio Ferreira Silva.

Há mais de 40 anos, o Instituto Nacional de Cardiologia (INC) é referência do Ministério da Saúde no tratamento de doenças cardíacas. Atualmente, é o único hospital público que realiza transplantes de coração em adultos e crianças no Estado do Rio de Janeiro.

Balanço

Desde a assinatura do decreto nº 8.783, de 6 de junho 2016, que autoriza uma aeronave da Força Aérea Brasileira a estar à disposição para o apoio ao transporte de órgãos para transplante, até o dia 4 de março de 2018, já foram transportados 476 órgãos. Desse total, foram 223 fígados, 129 corações, 71 rins, 21 pâncreas, 22 pulmões, 06 tecidos ósseos e 04 baços.

Medalha Oswaldo Cruz

No dia 27 de fevereiro, em uma cerimônia realizada no Palácio do Planalto, em Brasília (DF), a Força Aérea Brasileira foi agraciada com a Medalha de Mérito Oswaldo Cruz. O prêmio é um reconhecimento do Ministério da Saúde pela atuação da FAB no transporte de órgãos para transplantes no País.

A Medalha Oswaldo Cruz é distribuída desde 1970 e representa uma homenagem do Governo Federal aos cidadãos e entidades brasileiras e estrangeiras que contribuem para o fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS) e para o bem-estar da população.

Fotos: 3º ETA