DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA

Programa de Pós-graduação do ITA lança revista científica

Esse é o primeiro número da publicação, que se destina a divulgar os resultados de pesquisas voltadas à área operacional militar
Publicado: 03/01/2018 16:50
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Ten Gabrielli
Edição: Maj Peçanha

O Programa de Pós-Graduação em Aplicações Operacionais (PPGAO), do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), lançou o primeiro número de sua revista científica, voltada à divulgação dos resultados de pesquisas desenvolvidas no âmbito do programa - que é destinado à área operacional militar. A publicação traz 31 artigos sobre diversos assuntos, como aplicações espaciais, guerra eletrônica e defesa cibernética, assinados por militares das três Forças.

Segundo o Reitor do ITA, Professor Dr. Anderson Ribeiro Correia, embora os cursos sempre estivessem à disposição das demandas do Comando da Aeronáutica (COMAER), o PPGAO, que completou 15 anos de história em 2017, foi inovador. “O programa alavancou a formação estratégica dos militares, nas áreas de interesse em caráter operacional, com foco específico nos desafios existentes nas diversas organizações militares, não apenas na Força Aérea Brasileira, mas também no Exército Brasileiro e na Marinha do Brasil, e até mesmo em Forças estrangeiras amigas”, disse. Segundo ele, até o momento, o programa já formou 153 oficiais.

O Coronel Aviador José Bernardo Neto, que é PhD e foi coordenador do PPGAO no biênio 2016/2017, explica que a história do PPGAO começa ainda na década de 1990, quando a Força começou a reequipar sua frota de aeronaves, o que significou absorção de novas tecnologias. “Nascia ali, através da inquietação de alguns pilotos e engenheiros, que naquele momento exercitavam o levantamento de requisitos operacionais de equipamentos cada vez mais complexos e com um número cada vez maior de funcionalidades, a necessidade de uma proposta audaciosa que ampliasse o escopo da capacitação em aplicações operacionais”, explica o Coronel Bernardo, hoje na reserva.

Para 2018, o desafio do PPGAO, segundo o antigo coordenador, é construir uma quinta área de pesquisa: a Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear (DQBRN).

Clique aqui para ler a primeira edição da revista científica do PPGAO.

O PPGAO está com inscrições abertas para o processo seletivo de ingresso no ano de 2019. Para saber mais, clique aqui.