HOMENAGEM

Ala 1 homenageia os militares da Infantaria da FAB com formatura

Cerimônia também foi realizada na Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR), em Guaratinguetá
Publicado: 12/12/2017 17:36
Imprimir
Fonte: Ala 1
Edição: Agência Força Aérea, por Tenente João Elias, revisada por Major Alle

Militares de Infantaria da ativa e da reserva de todas as Organizações Militares da Aeronáutica da área do Distrito Federal celebraram o Dia da Infantaria da Aeronáutica, em cerimônia realizada na Ala 1, nessa segunda-feira (11/12). A solenidade, presidida pelo Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato, contou com a presença do Comandante de Preparo, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Egito do Amaral; do Comandante de Operações Aeroespaciais Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos Vuyk de Aquino e de Oficiais-Generais da Força Aérea Brasileira (FAB).

O desfile militar foi composto por tropa armada do Grupo de Segurança e Defesa de Brasília (GSD-BR), pela Banda de Música da Ala 1 e grupamentos especiais que demonstram o trabalho da infantaria da FAB, como: Grupamento de Batedores do GSD, Grupamento de Operações de Controle de Distúrbio e Pelotão de Cães de Guerra. Encerrando o desfile militar, um grupamento composto por integrantes da Infantaria, da ativa e da reserva presentes na formatura, foi incorporado à tropa.

Na ocasião, também foi lida a Ordem do Dia da Infantaria da Aeronáutica, assinada pelo Comandante de Preparo, lembrando a criação das seis primeiras companhias de infantaria, em 11 de dezembro de 1941, em plena Segunda Guerra Mundial, e a missão “assegurar a guarda, a vigilância e a defesa imediata das bases aéreas, aeródromos, campos de pouso e estabelecimentos da Aeronáutica”. Segundo ele, “a concepção operacional da Infantaria da Aeronáutica, idealizada pelo Comando de Preparo, lhe atrela a quatro áreas de atuação: a Segurança e Defesa, a Defesa Aeroespacial, as Operações Especiais e a Busca e Salvamento, dentro das quais estão dispostas as Ações de Força Aérea de Ação Direta, Autodefesa de Superfície, Busca e Salvamento, Busca e Salvamento em Combate, Contraterrorismo, Defesa Antiaérea, Guiamento Aéreo Avançado, Polícia da Aeronáutica, Segurança das Instalações e Reconhecimento Especial”.

O Comandante da Ala 1, Brigadeiro Ary Soares Mesquita, sentiu-se honrado em receber, como anfitrião, a merecida homenagem aos militares da Infantaria da Aeronáutica. “Em plena Reestruturação, a Força Aérea faz questão de relembrar a história que traz à tona, todo o passado glorioso de nossas tropas, colocando o infante como grande partícipe em defender na terra os domínios do ar”, concluiu.

Comemoração na Escola de Especialistas

Já a Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR) realizou, no dia 07 de dezembro uma solenidade militar alusiva ao Dia da Infantaria de Aeronáutica com imposição de Medalha Militar por Tempo de Serviço. A cerimônia foi presidida pelo Chefe da Divisão de Ensino, Coronel de Infantaria Carlos César Drobiniche Lombardi, infante mais antigo da Escola.

“Caros infantes, vários foram os desafios superados desde os primórdios para que a Infantaria da Aeronáutica chegasse ao seu atual patamar. Muitos outros ainda virão. Desse modo, encorajo-lhes a manter o elevado espírito combatente e envidar esforços em prol da evolução e do aperfeiçoamento da tropa de infantaria.” afirmou o Major Giovanni de Oliveira Corrêa, Comandante do Batalhão de Infantaria.

Durante a formatura, 15 militares receberam a Medalha Militar de Tempo de Serviço de dez anos (bronze), vinte anos (prata) e trinta anos (ouro), que foram impostas pelos oficiais superiores mais antigos da EEAR.