SOLIDARIEDADE

Doação de Sangue mobiliza efetivo da Força Aérea em Brasília

Campanha será realizada até o fim do ano e deve se estender a todas as Unidades da FAB
Publicado: 10/08/2017 13:23h
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Aspirante Aline Fuzisaki

´Você era a gota que faltava. Doe sangue. Doe vida!´ é o tema da campanhaO Comando-Geral do Pessoal (COMGEP) deu início à Campanha “Você era a gota que faltava. Doe sangue. Doe vida!”. Nessa quarta-feira (09/08), 30 militares da Força Aérea Brasileira (FAB) compareceram à Fundação Hemocentro de Brasília (DF) para colaborar com a campanha.

Entre os militares estavam alguns doadores assíduos e outros que iriam fazer a doação pela primeira vez. No entanto, para todos eles, a satisfação em poder ajudar o próximo era grande. “Eu já tenho o hábito de doar, mas essa campanha que a Força Aérea está promovendo junto ao Hemocentro é um incentivo a mais, pois nos faz lembrar do nosso compromisso. Muitos de nós já temos esse caráter voluntarioso, o nosso próprio serviço nos conduz a isso em várias oportunidades. Mas a campanha potencializa mais ainda esse voluntariado que é tão comum na nossa Força e para nós, que somos militares”, afirmou o Coronel José Luis Jardim Gouveia, da Diretoria de Ensino (DIRENS).

De acordo com a Assistente Social do Hemocentro, Kelly Borges Barbi, a parceria entre a FAB e o Hemocentro é fundamental para garantir a manutenção do estoque de bolsas de sangue e o abastecimento regular de toda a rede de saúde atendida pela instituição. “De uma forma geral, a parceria com as Forças Armadas é histórica, existe desde o início da hemoterapia no Brasil. Mas, ao longo dos anos, a Força Aérea tem estreitado os laços conosco no sentido de apoiar a campanha regular de doação de sangue para que a gente não tenha apenas doadores pontuais ou esporádicos, mas, sim, doadores regulares. Só assim é possível manter os estoques e, consequentemente, abastecer a rede de forma permanente. E isso traduz a missão e a visão da Aeronáutica de ajudar a população brasileira e se colocar à disposição”, explicou.

Para o Coronel Gouveia, da DIRENS, a campanha serve como incentivo à doaçãoSegundo o Comandante do COMGEP, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez, a campanha tem como objetivo a conscientização dos militares quanto à importância de doar sangue. Para isso, foi realizada uma palestra, no dia 03 de agosto, a todo o efetivo do Comando da Aeronáutica em Brasília para esclarecer dúvidas sobre o ato de doar e captar doadores. A próxima ação, de acordo com o Oficial-General, será ampliar a campanha a todas as Unidades da FAB.

“A ideia da campanha visa primeiro conscientizar as pessoas da importância do assunto, já que cada doador consegue atender quatro pacientes que precisam de sangue. E nós estamos com ideias de potencializar essa campanha em toda a Força Aérea, em todas as nossas organizações. Então, primeiro, iremos conscientizar e, na sequência, mobilizar as pessoas para fazer essa doação voluntária junto aos hemocentros das demais localidades”, informou o Tenente-Brigadeiro Bermudez.

No primeiro dia de campanha, 30 militares compareceram ao HemocentroO Cabo Handerson José dos Santos, do COMGEP, compareceu ao Hemocentro para realizar sua primeira doação. “A palestra que tivemos foi bastante motivacional, pois esclareceu muitas dúvidas que eu tinha e incentivou essa minha vinda aqui para ajudar alguém que está precisando de sangue", destacou.

O Diretor-Executivo da Fundação Hemocentro, médico Jorge Vaz, avaliou a ação realizada entre a FAB e a instituição de maneira positiva. “A campanha foi um sucesso. Não só pelo dia de hoje, mas pensando no futuro, pois essa campanha também tem um aspecto educativo ao longo do tempo. A Força Aérea tem uma grande influência de comunicação para a sociedade, é um agente multiplicador para garantir a educação continuada da população. Então, eu tenho a certeza de que essa parceria ainda vai render muitos frutos. Eu agradeço muito à Força Aérea”, enfatizou.

A campanha “Você era a gota que faltava. Doe sangue. Doe vida!” continuará sendo realizada mensalmente em Brasília até o fim do ano. O Hemocentro irá disponibilizar o transporte entre a instituição de saúde e o prédio do Comando da Aeronáutica em todas as segundas quartas-feiras de cada mês, às 9h, podendo atender até 30 militares voluntários a doar sangue.

Hemocentro

Parceria com Hemocentro de Brasília continuará até o fim do anoA Fundação Hemocentro de Brasília atende, ao todo, 21 hospitais públicos do Distrito Federal e funciona regularmente de segunda a sábado, das 7h às 18h. “Quem quiser doar pode fazer o agendamento pela central telefônica 160, opção 2, o que traz mais conforto e comodidade. A doação dura, aproximadamente, uma hora. O candidato deve ter entre 16 e 69 anos e tem que ser altruísta, estar preocupado com o próximo. Essa é a primeira condição para ser um doador. Além disso, não pode estar doente nem fazendo uso de medicamentos. Deve estar bem alimentado, trazer um documento com foto, evitar atividades físicas nas últimas 12 horas, evitar bebidas alcoólicas e cigarro duas horas antes e depois. Essas são as condições básicas”, detalhou a Assistente Social do Hemocentro, Kelly Borges Barbi.

Fotos: Soldado Wilham Campos