CAPACITAÇÃO

Hospital de Aeronáutica de Belém promove curso para Médicos de Dia

Militares realizaram curso com simulação de situação real de emergência
Publicado: 03/07/2017 09:38
Imprimir
Fonte: HABE
Edição: Agência Força Aérea, por Aspirante Cristiane dos Santos

O Hospital de Aeronáutica de Belém (HABE) promoveu o Curso de Emergências para o Médico de Dia (CEMED), de 19 a 23 de junho no Hospital das Forças Armadas, em Brasília (DF). O objetivo foi capacitar equipes dos hospitais militares para atuarem com excelência nas emergências médicas, tendo como premissa básica o método de aprendizado de imersão.

O curso foi composto por módulos teóricos seguidos de simulação de casos reais nas áreas Cirúrgica, Clínica Médica, Ortopedia e Traumatologia, Obstetrícia e Pediatria. Este ano, foram incluídos, ainda, os módulos de Emergências em Psiquiatria e Psicologia.

Cerca de 30 médicos das três Forças Armadas participaram do curso. Os militares puderam treinar situações de estresse, com pressão e cobrança, tendo, ainda, de agir de maneira segura junto ao paciente, limitando o dano e iniciando os tratamentos necessários para a sua recuperação.

Segundo o Guarda-Marinha Médico César Alves Filho, primeiro lugar da turma com a média 9,75, o que mais impressionou foi o cenário prático, devido à semelhança com a realidade. “Nunca tive uma vivência dessas durante toda a minha vida acadêmico-profissional. Acho que todos os militares do corpo de saúde deveriam participar do CEMED”, ressaltou.

Já para a Aspirante a Oficial Médica do Exército Luciana Bandeira Onofre, oradora da turma, o CEMED foi marcante pelo aprendizado e aperfeiçoamento profissional. “Tivemos a oportunidade de crescer junto com as experiências de cada um na nossa missão diária de ajudar a salvar vidas e amenizar o sofrimento dos outros”, destacou.

CEMED

A solicitação do curso partiu da Diretoria Técnica de Ensino e Pesquisa do Hospital das Forças Armadas, sob o comando do Contra-Almirante Médico José Edmílson Ferreira da Silva. A equipe do Hospital de Aeronáutica de Belém (HABE) ministrou o curso sob comando do Coronel Médico Laerte Lobato de Moraes, Diretor do HABE, e da Major Médica Necy Kawamura, chefe da Seção de Capacitação e Treinamento do HABE.

O curso teve o apoio do Diretor de Saúde e Assistência social do Ministério da Defesa, Brigadeiro Médico Eduardo Serra Negra Camerini, responsável pela criação do CEMED, e do Comandante Logístico do HFA, General de Divisão Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira.

Criado pelo Instituto de Medicina Aeroespacial (IMAE) em 2010, o CEMED foi aprimorado pelo HABE, com acréscimo de novas capacitações e expansão da carga horária. O curso representa uma inovação nas técnicas de instrução e padronização de procedimentos médicos de emergência em ambiente militar.