COOPERAÇÃO

Reuniões bilaterais marcam o encerramento da 57ª CONJEFAMER

A próxima edição da conferência será no Panamá, em 2018
Publicado: 09/06/2017 14:54
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Ten Raquel Alves

“Tudo que foi apresentado nesta edição representa o lema do Sistema de Cooperação entre as Forças Aéreas Americanas (SICOFAA): unidos aliados. Continuaremos trabalhando para que, com a cumplicidade, possamos fortalecer ainda mais os laços entre os países membros do sistema”. Essas foram as palavras do Comandante da Força Aérea Equatoriana, Brigadeiro General Patricio Rodolfo Mora Escobar, representante dos países participantes durante o encerramento da 57ª Conferência dos Comandantes das Forças Aéreas Americanas (CONJEFAMER).

Durante três dias, representantes de dezenove países participaram da conferência. Eles se reuniram em sessões plenárias e reuniões bilaterais, em que foram discutidas as normas da conferência, os próximos ciclos do evento, estatutos, além do Exercício de Cooperación V, que será realizado em Puerto Mont, no Chile, em setembro deste ano. Nesse exercício, a Força Aérea Brasileira (FAB) terá a oportunidade de treinar as capacidades operacionais e logísticas, padronizar procedimentos e equalizar conhecimentos doutrinários, maximizando o apoio prestado a países necessitados de ajuda.

O Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato, classifica esses três dias de conferência como uma excelente oportunidade para estreitar laços entre os países. "A relação de amizade e fraternidade que estabelecemos durante a CONJEFAMER fez com que tivéssemos momentos de empatia. Isso é muito importante para que possamos estreitar laços e firmar acordos tanto na parte técnica quanto na operacional", relata o Comandante.

Os acordos discutidos durante as reuniões bilaterais serão firmados para serem aplicados em prol da ajuda humanitária em situações de desastres naturais. Ao término do evento, o Comandante da Aeronáutica repassou o sino do SICOFAA ao General de Serviço Nacional Aeronaval do Panamá, Luis Eduardo Ruiz Estribi. O país será o anfitrião que sediará a próxima CONJEFAMER, em 2018.

Fotos: Sargento Batista/CECOMSAER