AJUDA HUMANITÁRIA

População atingida pela enchente no PE recebe alimentos e água

No terceiro dia de missão, cinco municípios já foram atendidos pela FAB
Publicado: 01/06/2017 11:20
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Ten Cynthia Fernandes

Ao todo 720 litros de água mineral e 1080 kg de alimentos perecíveis vão ser transportados pelo helicóptero H-36 Caracal do Esquadrão Puma (3º/8º GAV), nesta quinta-feira (01/06), para o município de Sirinhaém, uma das cidades mais atingidas pelas fortes chuvas no Estado de Pernambuco (PE).

Desde segunda-feira, dois helicópteros, sendo um da Força Aérea Brasileira (FAB) e outro da Marinha do Brasil (MB), estão engajados na missão de oferecer apoio às vítimas das enchentes.
 
Na quarta-feira (31/05), a FAB transportou 1800 kg de alimentos para as cidades de Catende e Palmares. A Marinha levou 192 garrafas de água e 100 cestas básicas para os municípios de Sirinhaém e Ribeirão. Desde o início da semana, cidades vêm recebendo ajuda das Forças Armadas, convocadas pelo Ministério da Defesa.

A operação conjunta está sendo coordenada diariamente para que sejam atendidos pontos estratégicos do Estado. Embora o tempo fechado e as fortes chuvas estejam dificultando os pousos e decolagens dos helicópteros militares, em média, cada aeronave faz duas saídas diárias. Sete militares compõem a tripulação básica de cada helicóptero, com dois pilotos, dois mecânicos e três homens SAR (do inglês, Search and Rescue), habilitados em busca e salvamento.

O Tenente Arthur Fernandes é um dos pilotos do Caracal que está envolvido na missão humanitária. Segundo ele, o alto volume das chuvas rompeu barragens e destruiu pontes, alagando vários municípios. “A gente se coloca no lugar das vítimas e percebe o quanto o nosso apoio é importante”, destaca o militar, que participa da sua primeira missão humanitária real.