SOLENIDADE

Dia do Exército é comemorado com imposição de medalhas em Brasília

A data de 19 de abril faz referência à Batalha de Guararapes, em 1648, quando os brasileiros lutaram contra os holandeses pela manutenção do território
Publicado: 19/04/2017 16:46h
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Ten Gabrielli Dala Vechia

Na presença do Presidente da República, Michel Temer, o Exército Brasileiro comemorou seu dia nesta quarta-feira (19/4), com uma cerimônia no Quartel-General em Brasília (DF). A data faz referência à Batalha de Guararapes (1648), em que os brasileiros, defensores do Império Português, lutaram contra a ocupação holandesa de parte do território. “Trezentos e sessenta e nove anos depois de Guararapes, a jovem República Brasileira continua contando com seu Exército em sua marcha em direção ao futuro”, disse o Comandante do Exército, General de Exército Eduardo Dias da Costa Villas Bôas, em seu discurso.
 
Na cerimônia, foram entregues a Medalha Exército Brasileiro e a Medalha da Ordem do Mérito Militar – maior honraria concedida pela força terrestre. Ao todo, 331 pessoas foram agraciadas, além de instituições. Uma delas é a Diretoria de Material Aeronáutico e Bélico (DIRMAB) – que pertence à Força Aérea Brasileira (FAB). As comendas servem para destacar personalidades e organizações que prestaram serviços relevantes ao Exército e à Pátria.

Condecorado com a Ordem do Mérito Militar, o Major-Brigadeiro do Ar Marcelo Kanitz Damasceno se diz honrado pela homenagem. “Essa medalha representa a interoperabilidade das Forças, que têm trabalhado cada vez mais em conjunto”, disse o oficial-general, que é Chefe do Gabinete do Comandante da Aeronáutica.

O Chefe da Assessoria Parlamentar do Comandante da Aeronáutica, Brigadeiro do Ar Maurício Augusto Silveira de Medeiros, também foi condecorado. Ele afirma ter ficado muito feliz com o reconhecimento e lembra que FAB e Exército atuam de forma cooperativa em muitas situações. “Em 2010 e 2011, fui vice-chefe da Comissão de Aeroportos da Região Amazônica e fizemos diversas obras que ajudaram o Exército, principalmente facilitando o trabalho dos militares que estão em Pelotões de Fronteira, já que, em muitos lugares, só é possível chegar por meio aéreo”, disse o Brigadeiro Medeiros.

Durante o desfile militar, acompanhado por autoridades civis e militares, entre elas o Ministro da Defesa, Raul Jungmann, e os comandantes militares das três Forças, o Exército apresentou alguns dos seus projetos estratégicos, como os blindados Guarani e as viaturas Astros 2020, de lançamento de mísseis e foguetes – ambos de fabricação nacional. “Não há atalhos fora da Constituição. O caminho a ser seguido requer a sinergia de todos. O Exército de ontem, de hoje e de sempre olha para o futuro, transformando-se”, disse o General Villas Bôas.