SAÚDE

Mais de 200 médicos são transportados pela FAB para Estados do Nordeste

Os profissionais de saúde vão substituir os médicos que já estão há três anos nas localidades distantes do País
Publicado: 09/02/2017 18:20
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea, por Ten Iris Vasconcellos

O Boeing 767 da Força Aérea Brasileira (FAB) transportou, nesta quinta-feira (09/02), 203 médicos cubanos do programa Mais Médicos do Ministério da Saúde para três Estados do Nordeste. A aeronave, que partiu pela manhã da capital federal, pousou em Recife (PE), Salvador (BA) e Fortaleza (CE). A partir dessas capitais, os médicos serão encaminhados para cidades remotas dos três Estados, além do Tocantins e Alagoas.

Essa é a primeira vez que a aeronave é utilizada em apoio ao programa “Mais Médicos”. Segundo o coordenador do programa no Ministério da Defesa, Coronel do Exército da Reserva Paulo Cesar Luciano, o avião por ter uma maior capacidade (pode levar até 271 passageiros) acelera o envio de médicos às regiões carentes e auxilia o trabalho da Marinha e do Exército no transporte dos profissionais.

“A FAB transporta até as capitais e de lá até os municípios de alocação. Já os distritos sanitários especiais indígenas são responsabilidade do Exército e da Marinha. E o 767 agiliza muito essas missões, visto que uma menor quantidade de aeronaves é utilizada”, explica.

Para o Comandante da aeronave, Major Bruno Araujo Rangel, é muito gratificante realizar esse tipo de missão. "A nova aeronave do esquadrão proporciona uma capacidade enorme para que possamos realizar missões de ajuda humanitária, como a Mais Médicos e apoio ao Haiti”, destacou.

O grupo, que embarcou nesta quinta-feira, completa um total de mais de mil médicos que estão sendo transportados desde o dia 30 de janeiro. A previsão do Ministério da Saúde é de que até o fim de 2017, mais de 8 mil profissionais substituam os médicos da fase anterior do programa.

A médica Sarcey Garcia será deslocada para o município de São Benedito no Ceará. Ela espera levar prevenção e promoção da saúde, com foco nos fatores de risco, para a população do município que fica a mais de 300 km de Fortaleza.

“Eu estou muito feliz de poder ajudar as pessoas que carecem muito de um médico”, ressaltou a médica.

Números - As aeronaves da FAB são empregadas na logística do Mais Médicos desde a criação do programa, em 2013. Em quase cinco anos, foram transportados pouco mais de 17 mil profissionais para todo o território nacional. Foram 5.683 médicos transportados em 2013, 7.500 em 2014, 448 em 2015, 2.495 no ano passado e mais 895 até 06 de fevereiro deste ano.

Veja na matéria como foi o embarque dos médicos: