VISITA

Ministro da Saúde conhece instalações do Laboratório Farmacêutico da Aeronáutica

Ricardo José Magalhães Barros conheceu as instalações da unidade
Publicado: 14/12/2016 16:48
Imprimir
Fonte: COMGEP

O Laboratório Químico-Farmacêutico da Aeronáutica recebeu a visita do Ministro da Saúde, Ricardo José Magalhães Barros, no dia 9 de dezembro de 2016, acompanhado pela comitiva composta pelo Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez, Comandante-Geral de Pessoal, Major-Brigadeiro Médico Armando Celente Soares, Diretor de Saúde da Aeronáutica, Marco Fireman, Secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, Luiz Antonio de Souza Teixeira Junior, Secretário de Saúde do Rio de Janeiro, dos Deputados Federais Alexandre Serfiotis, Hugo Leal e Odorico Monteiro, e do Coronel Aviador Leopoldo José Lavers Hernández, Assessor Parlamentar da Aeronáutica.

O objetivo da visita foi apresentar ao Ministro e sua equipe as instalações das Unidades Fabris 1 e 2 do LAQFA, onde têm sido alocados recursos oriundos do Ministério da Saúde. A Unidade Fabril 1 é a responsável pela fabricação de “medicamentos negligenciados”, como a Isoniazida, utilizada no combate à tuberculose, e de “medicamentos específicos”, como o Iodeto de Potássio comprimido, produto desenvolvido para estar disponível nas imediações das Usinas Nucleares de Angra, funcionando como protetor da tireóide em caso de acidentes nucleares.

A Unidade Fabril 2, ainda em fase de conclusão, terá a finalidade de produzir medicamentos da “Linha Oncológicos”, que serão utilizados no tratamento dos mais variados tipos de câncer. Esta nova unidade tem a previsão de iniciar o seu funcionamento em meados de 2017, com a produção do medicamento Mesilato de Imatinibe, utilizado no tratamento da Leucemia.

O Ministério da Saúde é um importante parceiro do Laboratório da Força Aérea e, nesta visita, o Ministro reafirmou a manutenção desta parceria com o LAQFA e a continuidade dos investimentos necessários para conclusão e operação da nova unidade, previsto para meados de 2017.

No final da visita, o Ministro Ricardo Barros cumprimentou a todos, parabenizando o trabalho que vem sendo desenvolvido pela equipe do Laboratório, principalmente a pronta resposta da Força Aérea no desenvolvimento e manipulação de medicamentos utilizados em ações humanitárias no exterior, calamidades públicas e epidemias.