BID BRASIL

Ministro da Defesa abre Mostra BID Brasil no DF

Evento expõe principais equipamentos e projetos estratégicos do Brasil na aérea de defesa
Publicado: 27/09/2016 21:40
Imprimir
Fonte:
Edição: Agência Força Aérea, por Ten Evellyn Abelha

Inauguração da Mostra BID Brasil em BrasíliaO ministro da Defesa, Raul Jungmann, abriu oficialmente nesta terça-feira (27/09) a 4ª Mostra BID Brasil, maior evento da indústria de defesa brasileira, que deve receber aproximadamente 3,5 mil visitantes. A inauguração contou com a participação de autoridades civis e militares, entre elas o Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato. O estande da Força Aérea Brasileira apresenta os projetos da instituição nas áreas de defesa e espaço, com destaque para a maquete em tamanho real do caça Gripen NG, montado no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília, onde o evento acontece.

Segundo Jungmann, a mostra permite que os produtos brasileiros sejam apresentados e conhecidos no próprio País e também no exterior, favorecendo o desenvolvimento tecnológico na área de defesa e contribuindo para a economia do Brasil. “A indústria nacional de defesa, conforme estudos da BID, movimenta cerca de 200 milhões de reais e gera centenas de milhares de emprego. Esses projetos são motivo de orgulho nacional e precisam ser trabalhados com perseverança e estímulos”, destacou o
ministro. Durante a visita no estande da FAB, Jungmann visitou a maquete do Gripen e fixou uma bandeira brasileira na aeronave.
Míssil A-Darter, um dos projetos em destaque na BID
Entre os produtos da FAB no evento estão os projetos do caça Gripen NG, do cargueiro KC-390 do míssil A-DARTER e da bomba BPEN. Na área espacial estão expostos o foguete VS-40M, a aeronave hipersônica 14-X e o motor L75 que funcionará a base de etanol. Para que os visitantes conheçam os detalhes de cada projeto apresentado, o estande da FAB conta com mesas interativas que exibem os conteúdos em 3D. Com apenas alguns toques, o público pode acessar textos, fotos e vídeos dos projetos.

Jugmann fixou um bandeira do Brasil na maquete do gripenO Tenente-Brigadeiro Rossato explica a importância dos projetos da FAB não só para a defesa do País, mas para o desenvolvimento tecnológico e financeiro do Brasil. “Todo projeto da Força Aérea está amparado por um suporte financeiro. A empresa para desenvolver alguma coisa precisa de recurso. Então nós estabelecemos qual é a tecnologia, qual é o armamento que nós queremos e ela desenvolve a partir desse ponto. Nós estamos resolvendo o problema da Força Aérea e também incentivando a indústria a desenvolver a parte de tecnologia do País também”, ressaltou o oficial-general.

Conheça na reportagem alguns dos projetos da FAB na 4ª Mostra BID Brasil e veja como foi a abertura do evento que vai até quinta-feira (29/09):