RIO 2016

Atletas olímpicos participam de cerimônia com o presidente em exercício

Entre eles, estavam dois atletas da FAB
Publicado: 13/07/2016 14:28
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea

O defensor da Seleção Brasileira de Hóquei sobre a Grama, Sargento Bruno Mendonça, e a ala da Seleção de Basquete, Sargento Isabela Ramona, estavam entre os 58 atletas que participaram da Cerimônia de Apresentação da Delegação de Atletas Olímpicos no Palácio do Planalto em Brasília nesta quarta-feira (13/07). “A Olimpíada é o grande momento em que cinco bilhões de pessoas vão estar assistindo aos jogos e vendo o Brasil. Os senhores atletas serão os embaixadores do Pais”, ressaltou o Presidente da República em exercício, Michel Temer.

O Sargento Mendonça é militar da Força Aérea Brasileira (FAB) desde 2003, quando entrou como recruta. Atualmente faz parte do Quadro de Taifeiros e trabalha no Centro de Instrução Especializada da Aeronáutica (CIEAR). Ele começou a jogar Hóquei sobre a Grama em 2008 e faz parte da seleção desde 2012. É a primeira vez que uma equipe do esporte no País vai disputar uma olimpíada.

“A expectativa é muito grande. A equipe está bem treinada e focada para fazer bonito na Olimpíada”, disse o atleta.

Já a Sargento Ramona faz parte do Programa de Atletas de Alto Rendimento do Ministério da Defesa. Ela pratica Basquete desde 2011 e, em 2014, foi convocada para a seleção adulta. No mesmo ano, foi incorporada como atleta da FAB.

“É uma honra poder vestir a camisa da FAB porque a gente tem todo o apoio em relação a espaço de treinamento, a tudo que for necessário”, destacou.

Mais de 100 atletas brasileiros que vão participar dos Jogos Olímpicos são das Forças Armadas, o que representa 49% do total. Um trabalho que começou a ser feito em 2009 pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB). 

“Nos juntamos com as Forças Armadas e fomos à Europa entender porque as grandes potências tinham tantos atletas militares na delegação. Trouxemos a ideia para o Ministério da Defesa e foi incorporada pelo Exército, Marinha e Aeronáutica”, explicou Marcos Vinicius Freire, medalhista olímpico de vôlei e diretor-executivo de esporte do COB.

De acordo com o Ministro do Esporte, Leonardo Picciani, esta será a melhor participação do Brasil em uma olimpíada. “Estamos com muito orgulho de nossos atletas e que os anos de treinamento sejam revertidos em muito sucesso”, afirmou.