RIO 2016

Base Aérea de Florianópolis sedia exercício simulado de apoderamento ilícito de aeronaves

Os envolvidos foram treinados nas medidas afetas às legislações que regem a segurança aeroportuária
Publicado: 10/07/2016 10:00
Imprimir
Fonte: BAFL
Edição: Agência Força Aérea, por Ten Evellyn Abelha

Exercício ESAIAA Base Aérea de Florianópolis (BAFL) sediou no final do mês de junho o Exercício Simulado de Apoderamento Ilícito de Aeronaves (ESAIA). Participaram da atividade militares do Batalhão de Infantaria da própria BAFL, juntamente com profissionais da Polícia Federal e da Polícia Militar do Estado de Santa Catarina. O objetivo da atividade foi promover a integração entre os órgãos e empresas participantes do Programa de Segurança Aeroportuária – PSA e faz parte dos preparativos para os Jogos Olímpicos Rio 2016, pois a capital catarinense receberá algumas delegações.

Os envolvidos foram treinados nas medidas afetas às legislações que regem a segurança aeroportuária em situações de interferência ilícita, como sequestro de aeronaves. “A realização do exercício simulado é de grande importância para o bom andamento da atividade aérea, pois treinamentos como esse garantem a pronta-resposta às condições adversas”, afirmou o Tenente-Coronel Antonio Ferreira de Lima Júnior, Comandante da BAFL.