ESPORTE

Militar da FAB é destaque no MMA profissional

Soldado faturou o título de campeão na categoria até 61 kg no Rio de Janeiro
Publicado: 16/06/2016 08:00
Imprimir
Fonte: CDA
Edição: Agência ForçaAérea, por Tenente Flávio Nishimori

Com uma carreira ainda curta, porém vitoriosa, o soldado da Força Aérea Brasileira (FAB) Edilson Souza da Silva, do efetivo da Comissão de Desportos da Aeronáutica (CDA), tem se destacado no Mixed Martial Art (MMA) profissional. Na semana passada, o lutador de 21 anos precisou de 4 minutos e 48 segundos para nocautear o adversário no 1º round e conquistar o cinturão da categoria até 61kg, no Rio de Janeiro. Os próximos desafios de Edilson estão marcados para o mês de agosto em Belo Horizonte. 

“Essas competições servem como vitrine para a minha carreira. Minha expectativa é manter o foco e ter uma boa atuação para ser convidado para eventos internacionais”, explica o militar.

Como profissional no MMA há dois anos, o atleta tem em seu cartel três lutas, com vitórias por nocaute em duas delas, e um prêmio como melhor luta da noite. A trajetória do militar nas lutas marciais começou aos 13 anos no Muay Thai, uma arte originária da Tailândia. Nessa modalidade sagrou-se campeão brasileiro na categoria até 70k e bicampeão carioca.

“No início fui incentivado por meu irmão. Treinava mais por diversão e hobby. Com o desempenho nos campeonatos de Muay Thai, surgiu, então, o convite, aos 19 anos, para disputar o MMA”, afirma o atleta.

Filho de um sargento da FAB, o soldado Edilson divide sua rotina na CDA entre o expediente e os treinamentos. À noite, depois de deixar o quartel, ainda vai para a academia, perfazendo cinco horas diárias de treinamentos. Incorporado desde agosto de 2013, o militar pretende permanecer na Força e continuar a colher bons resultados no MMA.

"Estou muito feliz pelas novas oportunidades. Vou seguir me preparando fisicamente com todo o apoio da CDA, que me oferece a estrutura para a melhoria de meu desempenho. Pretendo permanecer na carreira militar e também ajudar a divulgar o nome da FAB nesses torneios”, finaliza o lutador.