HISTÓRIA

Conheça a história do oficial-general que teve impacto positivo na integração do Brasil

O Brigadeiro Camarão teve atuação marcante na área da educação
Publicado: 08/06/2016 17:10
Imprimir
Fonte: VII COMAR, por Ten Lorena
Edição: Agência Força Aérea, por Ten Iris Vasconcellos

  Nesta quarta-feira (08/06), comemora-se um século do nascimento do Tenente-Brigadeiro do Ar João Camarão Telles Ribeiro. A vida do oficial-general trouxe impactos decisivos para a Força Aérea Brasileira (FAB) e para a integração do Brasil.

Nascido em São Gonçalo, município do Rio de Janeiro, em 1916, o militar foi declarado Aspirante-a-Oficial do Exército Brasileiro, na Arma de Aviação, em novembro de 1937. Em 1939, o então Tenente Camarão iniciou os seus voos no Correio Aéreo Militar (CAM). A partir dessa oportunidade, o oficial estabeleceu os primeiros contatos com a Amazônia Brasileira, suas riquezas e seus povos.

Após anos de dedicação à FAB, o Brigadeiro Camarão foi designado a comandar a Primeira Zona Aérea, então sediada em Belém, equivalente aos atuais Primeiro e Sétimo Comandos Aéreos Regionais. Nessa função, contribuiu para a integração da Amazônia com o restante do País e garantiu o apoio aos pelotões de fronteira do Exército e às populações carentes do interior da Região Norte, formada por indígenas, caboclos e ribeirinhos.

Um olhar para a educação

O Tenente-Brigadeiro do Ar João Camarão também deixou impactos positivos na área da educação. Em sua história está presente uma passagem marcante na Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR), em Barbacena (MG). Referência em ensino até os dias de hoje, a escola foi transformada por novos métodos didáticos, modernos para a época, a partir das mãos do oficial-general. Seu desempenho o levou a ser um dos comandantes da Organização.

Os feitos do militar na educação influenciaram outras instituições de ensino. O nome do oficial batizou uma das escolas conveniadas à Força Aérea. A Escola Brigadeiro João Camarão Telles Ribeiro possui mais de duas décadas marcadas por premiações e reconhecimentos. Entre os prêmios recebidos pela escola, ao longo desse período, destacam-se os de gestão, concedidos pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), e pelo Conselho Nacional dos Secretários de Estado de Educação (CONCED). O colégio também possui medalhas na Olimpíada Brasileira de Matemática, sendo referência em gestão e ensino na Região Norte.