SOCIAL

Programa Forças no Esporte em Anápolis atende 400 alunos

Projeto social é desenvolvido desde 2007 na base aérea
Publicado: 13/05/2016 08:00
Imprimir
Fonte: BAAN
Edição: Agência Força Aérea, por Ten Flávio Nishimori

FAB_BAAN_for�asnoesporte_2016_02Com a meta de atender 400 crianças e adolescentes, a Base Aérea de Anápolis (BAAN) iniciou, no mês de abril, as atividades do Programa Forças no Esporte (PROFESP) – Segundo Tempo.

Na BAAN, o projeto funciona desde 2007 com quatro núcleos. As crianças participam do projeto no contra turno escolar, duas vezes por semana. Elas desenvolvem diversas atividades, como natação, karatê, futebol, xadrez, dança, além de trabalhos pedagógicos para progredir no desenvolvimento escolar.

Os alunos do projeto pela manhã recebem lanche assim que chegam na unidade e vão para a escola após o almoço; os da tarde, chegam da escola e vão direto para o almoço; no final das atividades, lancham e são deixados na escola.

A Secretaria de Educação de Anápolis disponibiliza monitores para acompanhar as crianças todos os dias, ajudando em qualquer eventualidade. A prefeitura também fornece os professores das modalidades esportivas.

“É uma ótima parceria, a gente entra com o profissional e a Base dá todo o respaldo necessário. Nós temos a certeza de que o projeto funciona; que não é só um passatempo para a criança”, afirma Larissa Bardela, Gerente de Espaços Esportivos da Secretaria de Esportes e Lazer da Prefeitura de Anápolis.

FAB_BAAN_for�asnoesporte_2016_10Todos os anos, os 400 alunos do projeto conhecem as dependências da BAAN no início das atividades. A aluna Raquel Edcácia Miranda, de 13 anos, está há seis anos no projeto. “O que eu mais gosto aqui é a natação. E na base o que eu mais gosto são os aviões, seria mais legal se a gente pudesse voar”, diz. Mas quando perguntada se queria ser aviadora, ela desconversa. “Não, acho que não, eu tenho medo de altura!”, complementa.

Já Thiago Augusto Ferreira, de onze anos, participa do projeto pela primeira vez e está gostando muito do que viu até agora. “Eu estou achando muito bom, há muitas atividades. O que eu mais gosto é o futebol, é bom se exercitar”, conta.

A Primeiro Tenente Serviço Social Kilvia Karla da Silva Oliveira, Coordenadora dos Núcleos do PROFESP na Base Aérea de Anápolis, destaca o papel do projeto na vida dessas crianças.

FAB_BAAN_for�asnoesporte_2016_07“O projeto desempenha um importante papel na inclusão social de crianças e adolescente que vivem em situação de vulnerabilidade social. As diretrizes que seguimos nos fazem acreditar que o esporte pode ser utilizado com motor propulsor para melhoria da qualidade de vida dos atendidos e que as atividades lúdicas e desportivas estimulam a cidadania, o civismo e a ética.”

A Tenente Karla também ressalta a importância das instituições que apoiam o projeto. “Destacamos o apoio do Ministério da Defesa e a atuação da Base Aérea de Anápolis. A aproximação com a comunidade local aumenta o estreitamento da relação da Força Aérea Brasileira com a sociedade civil”, explica.