FORMAÇÃO

Cadetes da Academia da Força Aérea concluem estágio de adaptação

Durante 40 dias, os cadetes tiveram diversos tipos de instrução
Publicado: 02/03/2016 16:11
Imprimir
Fonte: AFA

"Este m  omento é a conquista de um sonho". Esse é o sentimento do Cadete Aviador Gabriel de Andrade ao receber a platina que simboliza a incorporação dos jovens ao Corpo de Cadetes da Aeronáutica e o término do Estágio de Adaptação à vida militar. A Academia da Força Aérea (AFA) realizou a cerimônia com a presença de amigos e familiares sexta-feira (26/02).

Ao total, o Primeiro Esquadrão do Corpo de Cadetes da Aeronáutica, Turma Asterion, é composto por 233 cadetes dos quadros de aviação, intendência e infantaria, incluindo, militares de Honduras, República Dominicana, Togo e Paraguai. Durante 40 dias, eles tiveram instruções sobre os diversos regulamentos militares, treinamento físico-militar e palestras sobre valores, como disciplina, dignidade e honra.

Cadete Gabriel contou com a presença da família  “Foi um período difícil. Aprendi a dar valor ao que tenho, a lidar com as situações diferentes e a suportar a dor”, explica a Cadete Intendente Isabeli Oliveira. Ela faz parte do grupo de 33 mulheres que concluíram o estágio. “Nós chegávamos ao alojamento e sempre nos apoiávamos. Isso foi fundamental para estarmos aqui”, complementa.

Os novos cadetes passarão nos próximos anos por uma rotina de estudos, exercícios físicos, além de formação ética e moral. O curso também inclui treinamentos operacionais, como, por exemplo, em cenários de emergência, sobrevivência na selva e no mar, salto de paraquedas, instrução de tiro, entre outros.

Aqueles que concluírem o curso conquistarão o diploma de graduação em Administração com ênfase em Administração Pública e o diploma de graduação da especialidade escolhida. Após formados, atuarão nas diversas unidades da Força Aérea Brasileira (FAB) espalhadas por todo o país.