GESTÃO

Comando da Aeronáutica arrecada R$1 milhão em 2015 com leilão de materiais aeronáuticos

Processo é gerenciado pelo Grupamento de Apoio Logístico, no Rio de Janeiro
Publicado: 29/11/2015 08:00
Imprimir
Fonte: COMGAP, GAL

GAL apoia unidades logísticas do Galeão  CB Fernando DiasO Comando da Aeronáutica atingiu, em novembro, a marca de um milhão de reais em alienações de materiais aeronáuticos e viaturas da instituição em 2015. Promovido pelo Grupamento de Apoio Logístico (GAL), o processo de alienação transfere os bens para outros por meio de leilão.

Segundo o Comandante-Geral de Apoio (COMGAP), Tenente-Brigadeiro do Ar Dirceu Tondolo Nôro, o GAL realiza uma gestão eficiente das alienações. “O GAL atingiu a marca significativa de um milhão de reais em alienações de materiais aeronáuticos, entre materiais servíveis, inservíveis e recuperáveis que, de outro modo, estariam hoje parados e gerando custos de armazenagem e guarda”, destaca.

Os materiais leiloados são diversos e podem ser peças de aeronaves, carros, ônibus, tratores, motocicletas entre outros. Os materiais servíveis são os de melhor estado, porém são inutilizados por terem manutenção cara ou não serem economicamente viáveis.

De acordo com o Chefe da Divisão de Alienações do GAL, Capitão Intendente Alberto de Almeida Gomes, o processo de alienação começa na unidade do material leiloado. “A organização militar faz o levantamento dos materiais, avalia e abre o processo. Depois encaminha para o GAL, onde é feita a minuta para o leilão. Qualquer pessoa pode dar um lance. Depois do processo de prestação de contas o produto pode ser retirado pelo arrematante”, explica. Os leilões são realizados via internet ou presencialmente no salão do leiloeiro.

O valor arrecadado é repassado à Secretaria de Economia e Finanças da Aeronáutica (SEFA), que define como ele será encaixado no orçamento do Comando da Aeronáutica.