UNITAS

Oficiais-generais da FAB conhecem estrutura operacional do exercício entre Brasil e EUA

Comitiva realizou um pouso enganchado a bordo do porta-aviões norte-americano USS George Washington
Publicado: 24/11/2015 09:50
Imprimir
Fonte: COMGAR/Agência Força Aérea

  Uma comitiva do Comando-Geral de Operações Aéreas (COMGAR) visitou, no último sábado (21/11), o porta-aviões USS George Washington, que  participou do exercício militar na costa brasileira em cooperação com a Força Aérea Brasileira (FAB): a UNITAS. O exercício foi realizado entre os dias 14 e 22 desse mês, aeronaves da FAB e da Marinha Americana (US NAVY) treinaram, em conjunto, combates aéreos simulados.

Na Base Aérea do Galeão (BAGL), a comitiva embarcou em uma aeronave Grumman C-2 Greyhound com destino ao porta-aviões, realizando um pouso enganchado. Recebidos pela Almirante Lisa Franchetti, os oficiais-generais puderam conhecer a estrutura do navio e os aspectos operacionais relacionados ao seu funcionamento.
 
Além da visitação, o Comandante do COMGAR, Tenente-Brigadeiro do Ar Gerson Nogueira Machado de Oliveira, pôde realizar um voo a bordo de uma aeronave de caça norte-americana, comandada pelo Captain Max McCoy.


De acordo com o Tenente-Brigadeiro Machado, exercícios como a Operação UNITAS são de grande importância para a FAB, pois não só permitem que os pilotos aprimorem técnicas complexas em um ambiente crítico de operação, mas também favorecem a integração e a cooperação entre as Forças.

“Decolar e pousar em um espaço extremamente restrito, em altas velocidades, requer não só confiança na máquina, como também em todos os sistemas que envolvem esse tipo de operação. Pude verificar a precisa coordenação de dezenas de pessoas, num espaço bastante reduzido, fazendo com que várias aeronaves pudessem manobrar, decolar e pousar, num ínfimo período de tempo”, avalia o Comandante do COMGAR.