PORTÕES ABERTOS

Cerca de 600 mil pessoas participaram dos eventos promovidos pela FAB no País

Eventos também arrecadaram cerca de 40 ton de alimentos não perecíveis. Doações foram distribuídas para entidades assistenciais
Publicado: 27/11/2015 08:00
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea

Shows e o Hangar do Zeppelin atraíram 30 mil pessoas na BASC  BASCCerca de 600 mil pessoas participaram dos "Portões Abertos" da Força Aérea Brasileira (FAB) este ano. Os eventos ocorreram de julho a novembro em organizações militares em todas as regiões do Brasil, sendo que a maioria foi realizada em outubro, mês em que é celebrado o Dia do Aviador e da Força Aérea Brasileira.

"O evento é uma forma ímpar para a sociedade conhecer o trabalho da Força Aérea desenvolvido nos mais variados locais do País", declarou o Coronel Antonio Luiz Godoy Soares Mioni Rodrigues, Comandante da Base Aérea de Brasília.

Cada unidade da FAB preparou uma programação especial para receber os visitantes. Apresentação de cães de guerra, exibição de parquedismo, simulação de resgate, shows musicais, exposição de carros antigos e exposição de aeronaves, como o C-105 Amazonas, C-95 Bandeirante, além de caças A-1, F-5M e A-29 Super Tucano, foram algumas das atrações.
A Esquadrilha da Fumaça se apresentou no DCTA  Sd Lucas / DCTA

O primeiro evento foi realizado nos dias 04 e 05 de julho na Base Aérea de Campo Grande (BACG). Cerca de 30 mil pessoas compareceram nos dois dias. Entre as diversas atrações, militares que atuam em busca e salvamento do Esquadrão Pelicano (2°/10° GAV) fizeram uma demonstração de resgate utilizando técnicas de rapel e içamento.

Na Academia da Força Aérea (AFA), em Pirassununga (SP), o Portões Abertos bateu recorde de público com a presença de cerca de 93 mil pessoas. As pessoas puderam acompanhar as manobras do Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA), mais conhecido como Esquadrilha da Fumaça, visitar aeronaves e conhecer um pouco mais sobre a carreira militar.

A Esquadrilha da Fumaça também fez suas acrobacias na Base Aérea de Anápolis (GO) e em São José dos Campos (SP). O show aéreo dura cerca de 35 minutos e possui 50 manobras.

A maquete da nova aeronave de caça da FAB, o Gripen NG, foi destaque nos eventos das Bases Aéreas de Brasília (BABR), de Anápólis (BAAN) e do DCTA.

No CPBV foram realizados mais de 1.100 atendimentos médico-odontológicos  Sgt Batista / CECOMSAERNo mês de outubro, as atividades foram realizadas em oito unidades: Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), em São José dos Campos (SP); Parque de Material Aeronáutico (PAMA-SP), na capital paulista; Base Aérea de Manaus (BAMN), na capital do Amazonas; Campo de Provas Brigadeiro Velloso (CPBV), no Sul do Pará; Base Aérea de Canoas (BACO), no Rio Grande do Sul; Base Aérea de Fortaleza (BAFZ), no Ceará; Museu Aeroespacial (MUSAL), no Rio de Janeiro; e Base Aérea de Boa Vista (BABV), em Roraima.

Além de se divertir, nos Portões Abertos realizados pela BAFZ e pelo CPBV o público pôde participar de Ação Cívico-Social (ACISO), em que houve a atuação de diversos profissionais da área de saúde, como médicos, dentistas e enfermeiros. Só no CPBV foram realizados mais de 1.100 atendimentos em apenas um dia.

O último Portões Abertos deste ano foi realizado pela Base Aérea de Natal (BANT) no dia 22 de novembro. Uma das atrações foi o cantor e sanfoneiro Waldonys que, para chegar ao palco, foi lançado de paraquedas pelo Esquadrão Rumba (1°/5°GAV), a bordo da aeronave C-95 Bandeirante. Na BAFZ foram arrecadadas seis toneladas de alimentos não perecíveis que foram d  BAFZ

Doações de alimentos - Cerca de 40 toneladas de alimentos não perecíveis foram arrecadados nos eventos realizados na Base Aérea de Santa Cruz (BASC), na Base Aérea de Florianópoilis (BAFL), na AFA, no DCTA e na BAFZ. As doações do público foram encaminhadas a entidades de assistência social. 

As seis toneladas alimentos arrecadadas pela BAFZ, por exemplo, foram destinadas para quatro entidades: Comunidade Cristã Logos, Lar Amigos de Jesus, Casa de Apoio Sol Nascente e Grupo Espírita Paulo e Estevão. Cada instituição recebeu cerca de 1,5 tonelada de mantimentos. “Esse alimento é muito importante para o Lar Amigos de Jesus, pois garante as refeições das crianças na instituição e também na casa delas. Quando as mães vão para casa, levam uma cesta”, ressalta a Irmã Lourdes.

Assista ao vídeo de um resumo dos Portões Abertos 2015: