ESTRUTURA

Pelotão de cães de guerra de Manaus recebe nova estrutura

Novas instalações dispõem de mais recursos para garantir treinamento, preparo e bem-estar dos animais
Publicado: 19/11/2015 08:01
Imprimir
Fonte: VII COMAR

Canil tem boxes mais confortáveis para os cães  Sargento CarleilsonO Batalhão de Infantaria de Aeronáutica Especial de Manaus (BINFAE-MN) recebeu, em novembro, o novo canil do Pelotão de Cães de Guerra (PCG). As novas instalações têm ainda mais recursos para garantir o treinamento, o preparo e o bem-estar dos animais. Atualmente, o PCG possui condutores de cães de guerra com curso e habilitados para o emprego e cães de três raças – pastor alemão, pastor belga mallinois e pastor holandês.

Planejado por militares do BINFAE-MN e do Sétimo Serviço Regional de Engenharia (SERENG-7), o espaço tem uma das estruturas para cães mais modernas da Força Aérea. No local, há área de banho e tosa, importante para os cães e também utilizada pelos veterinários para aplicar banhos medicamentosos no controle de ectoparasitas, como as pulgas e os carrapatos. Há, ainda, uma sala de estoque para armazenamento de ração e de medicamentos. Canil tem boxes mais confortáveis para os cães  Sargento Carleilson

Outra novidade é o aumento do tamanho dos boxes. Essa característica garante menor risco de estresse para o cão. Parte desses espaços está reservada para animais em quarentena, onde ficam os cães doentes, e para maternidade. O novo canil também possui uma sala de atendimento onde os tenentes veterinários podem realizar a administração de medicamentos, internação e atender possíveis emergências, entre outras atividades.

Os cães do Pelotão ainda ganharam um tanque de treinamento, uma espécie de piscina. De acordo com a chefe do canil, Tenente Veterinária Raquel Tomé, o espaço é relevante para saúde e treinamento dos animais. “O tanque de treinamento é essencial para o condicionamento físico dos cães, além do fortalecimento de articulações, reduzindo a possibilidade de displasia coxofemoral, mais recorrente em cães da raça pastor alemão. A natação, além de promover a resistência física, é importante para o trabalho de faro, de guarda e de proteção. É utilizada também para o tratamento de displasias, artrites e artroses”, disse.

Condutores são treinados para trabalho com cães   Sargento CarleilsonToda estrutura do canil foi planejada visando atender as necessidades médicas e veterinárias do Pelotão de Cães de Guerra do BINFAE-MN. Atualmente, os cães do Batalhão são treinados para faro de entorpecentes e de explosivos e para atividades de guarda e segurança. Os animais realizam uma média de 200 faros em aeronaves por ano e também participam de missões de faro em embarcações e em instalações. Esses cachorros trabalharam na Copa do Mundo de 2014 e já estão sendo treinados para os trabalhos que serão realizados nas Olimpíadas de 2016.

 Veja na reportagem abaixo a formação de condutores e cães farejadores da FAB: