REESTRUTURAÇÃO

Instituto de Fomento vai revitalizar laboratórios

Adequações prediais vão possibilitar um aumento de aproximadamente 50% na disponibilidade de calibração
Publicado: 14/11/2015 08:00
Imprimir
Fonte: IFI

O Instituto de Fomento e Coordenação Industrial (IFI), unidade subordinada ao Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), assinou, no início deste mês, um convênio com a Fundação de Ciência, Aplicações e Tecnologia Espaciais (FUNCATE). O acordo tem vigência de 24 meses e permite que a Fundação forneça apoio administrativo e financeiro à revitalização dos laboratórios do IFI integrantes do Sistema de Metrologia Aeroespacial (SISMETRA).

 A atual estrutura logística e executiva dos laboratórios de metrologia do Instituto foi implantada em 1991. Assim, para que os ensaios e testes metrológicos possam atender às necessidades técnico-operacionais dos usuários, é necessário promover a adequação da infraestrutura dos laboratórios. Além da ampliação das instalações prediais, o projeto prevê a aquisição de novos sistemas e equipamentos compatíveis com os recursos tecnológicos atuais.

A implementação das adequações prediais vai possibilitar um aumento de aproximadamente 50% na disponibilidade dos laboratórios de calibração. Com isso, o ciclo para atendimento a universidades, empresas e os serviços demandados pela própria Força Aérea Brasileira será mais rápido. 

Além disso, haverá a adequação do sistema de climatização ambiental e instalações elétricas. A reforma vai proporcionar aumento na confiabilidade dos ensaios e calibrações de aplicação espacial realizados no Laboratório de Medições Eletromagnéticas do IFI.

“Esse convênio é de extrema importância para o IFI, pois possibilitará a reestruturação dos laboratórios de metrologia do Instituto, melhorando o desempenho do trabalho que exercemos na área”, destacou o diretor do IFI, Coronel Aviador Marcelo Franchitto.

O Instituto de Fomento e Coordenação Industrial (IFI) funciona junto ao DCTA em São José dos Campos e presta serviços nas áreas de certificação, propriedade intelectual, transferência de tecnologia, coordenação industrial e metrologia.

A organização é reconhecida pelo International Accreditation Forum (IAF) como organismo de certificação de sistemas de gestão da qualidade e de gestão da qualidade aeroespacial.

Em 2015, o Instituto se destacou por diversas ações. Entre elas, o processo de certificação da aeronave KC-390 em conjunto com a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).