OPERACIONAL

Companhia Contra Incêndio de São Paulo aumenta capacidade de pronto atendimento

Nova estrutura aumenta segurança de voo na ampliação da capacidade operacional do maior aeroporto brasileiro
Publicado: 10/10/2015 08:01
Imprimir
Fonte: IV COMAR

Demonstração Operacional com caminhão Panther  Maj Olympio/BASPAs novas instalações da Companhia Contra Incêndio da Base Aérea de São Paulo (BASP), inauguradas na quinta-feira (01/10), oferecem estrutura moderna e de maior capacidade de pronto atendimento às instalações do Aeroporto Internacional de Guarulhos, o maior do País, segundo dados do Anuário 2014 do Centro de Gerenciamento da Navegação Aérea (CGNA).

Os 108 militares da Força Aérea Brasileira (FAB) têm à disposição carros de combate a incêndio equipados com tanques de água, com líquido gerador de espuma (LGE) e com pó químico, além de câmera de visão noturna e da capacidade de lançamento de produto. Caso ocorra um pouso forçado no aeroporto, a equipe é acionada e age de acordo com os protocolos internacionais para evitar o incêndio e resgatar os passageiros.

Durante a solenidade, o diretor de operações da GRU Airport (concessionária que administra o aeroporto), Comandante Miguel Dau, destacou que a nova estrutura é ideal para um aeroporto de grande porte como o de Militares da Aeronáutica da Seção Contra Incendio Sold Queiroz/BASPSão Paulo que, em breve, receberá aeronaves Airbus A380, cuja capacidade é de até 500 passageiros. "Tenho orgulho de, ao lado da Força Aérea, entregar à sociedade brasileira um equipamento moderno", afirmou.

Militares da Aeronáutica da Seção Contra Incendio   Sold Queiroz/BASPJá o Comandante-Geral de Apoio (COMGAP), Tenente-Brigadeiro Dirceu Tondolo Nôro, ressaltou a importância de prover a segurança de operações e de celebrar tal parceria. "Esta nova estrutura vai garantir segurança de voo na ampliação da capacidade operacional do aeroporto", disse o oficial-general ao lembrar que esse é um grande ganho para a sociedade brasileira.

Após o descerramento da placa de inauguração, os militares da Companhia Contra Incêndio da BASP realizaram uma demonstração operacional em que simularam um acionamento de emergência no aeródromo. Os convidados também conheceram as novas instalações.

Veja como é a formação dos militares que trabalham na Companhia Contra Incêndio da BASP: