INAUGURAÇÃO

Simulador do helicóptero H-36 é um dos mais modernos do mundo, diz Ministro da Defesa

O simulador das aeronaves H225, versão civil e militar, foi inaugurado hoje nas instalações da Helibras no RJ
Publicado: 21/08/2015 14:29
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea

Simulador do H-36 Caracal é do tipo Full Flight Simulator  Soldado Telles / BAAFO simulador das aeronaves H225 (versão civil) e H225M (versão militar) foi inaugurado na manhã desta sexta-feira (21/08) durante uma solenidade no Centro de Treinamento de Simulador da Helibras, localizado na zona oeste do Rio de Janeiro (RJ). As Forças Armadas brasileiras adquiriram 50 helicópteros H225M - que na FAB são chamados H-36 Caracal. Até o momento, foram recebidas 16 unidades que, juntas, já somaram mais de dez mil horas de voo no território nacional.

O Ministro da Defesa, Jaques Wagner, destacou que é fundamental acreditar no Brasil, mesmo em momentos sensíveis. Para ele, a crise econômica mundial, a queda no valor do barril de petróleo e o ajuste fiscal do governo brasileiro intimidam o desenvolvimento de projetos como o H-XBR, mas é preciso continuar investindo. “Vamos construir o Brasil olhando para o futuro”, disse.

Durante a solenidade, as autoridades e a plateia puderam conferir uma demonstração das potencialidades do simulador em um voo pelo cenário da cidade do Rio de Janeiro, conduzido por dois dos três pilotos instrutores da Helibras. O primeiro voo simulado de instrução acontece no dia 19 de outubro, com oficiais do Exército Brasileiro.

Segundo o Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato, em breve os pilotos da Força Aérea Brasileira (FAB) também iniciarão seu treinamento no simulador. Ele explica que isso vai representar economia para a FAB, pois, antes, os pilotos eram enviados para treinar na Europa. “Nós vamos reduzir bastante os custos e também propiciar um treinamento melhor aos nossos militares, que poderão fazer mais missões no nosso simulador”, disse o Comandante.

Full Flight Simulator

O simulador, segundo o Ministro da Defesa, é um dos mais modernos do mundo. Esse é o único equipamento para treinar helicópteros do modelo H225 nas Américas.

Segundo explica um dos instrutores de voo, o Tenente-Coronel da reserva Alexandre Anselmo Lima, o simulador é do tipo Full Flight Simulator, ou seja, confere ao treinamento o máximo de correspondência possível com a realidade. São reproduzidos os sons, a vibração da cabine e até mesmo a movimentação do eixo do helicóptero, pois o simulador está colocado em uma base móvel.

A diferença deste simulador para os outros da mesma categoria, disponíveis na Inglaterra, França, Indonésia e China, é que, no brasileiro, foram desenvolvidos cenários das principais cidades e aeródromos do País onde o helicóptero deve atuar – o chamado Brazilian Visual Database.

“Com essa possibilidade, os pilotos são treinados em seu ambiente real de trabalho. É possível, também, simular condições de temperatura e configurações da própria aeronave”, afirma o Tenente-Coronel Anselmo.

Outra capacidade do simulador é o treinamento de FLIR (sigla para Forward Looking Infrared). O FLIR é um equipamento que detecta a radiação infravermelha, sendo capaz de delinear o objeto que a está emitindo, como o motor de uma aeronave inimiga, por exemplo.

imagens/original/25806/foto12-dsc_0370.jpg