GRIPEN NG

Ministro da Defesa ressalta término das negociações do financiamento

Brasil e Suécia definiram taxas de juros para o financiamento do projeto
Publicado: 30/07/2015 15:15
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea

O ministro da Defesa, Ja  ques Wagner, ressaltou nesta quarta-feira (29/7) a conclusão nas negociações para financiamento do projeto de aquisição de 36 caças Gripen NG para a Força Aérea Brasileira (FAB). Ele estava na Base Aérea de Campo Grande (BACG), onde acompanhava as atividades da Operação Ágata 9.

"Hoje finalmente conseguimos, economizando dinheiro suado dos brasileiros, fazer uma negociação e garantir, finalmente, a assinatura do financiamento para o tão sonhado projeto do Gripen", afirmou o ministro. "Vamos entrar em um mundo de tecnologia avançada. Dentro de dez a doze dias, vamos ratificar o contrato e teremos mais de 200 brasileiros indo à Suécia para treinamento", completou.

A taxa de juros para o financiamento ficará em 2,19%. Serão 25 anos de pagamentos após um período de oito anos de carência.   SAABO valor do contrato, negociado na moeda sueca, é de 39,8 bilhões de coroas suecas.

Compensação comercial
O projeto de aquisição dos caças Gripen NG vai gerar 9,1 bilhões de dólares em compensações para o Brasil por meio de projetos nas áreas industrial, tecnológica ou comercial. Serão beneficiadas empresas brasileiras como Embraer, Akaer, SBTA, Atech, AEL, Mectron e Inbra, além do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), órgão da Aeronáutica.

Entre 2015 e 2021, 357 profissionais brasileiros vão trabalhar na Suécia para atuar desde o desenvolvimento da aeronave até testes de protótipo e na construção. Das 36 aeronaves, treze serão fabricadas por suecos, oito por brasileiros na Suécia e quinze no Brasil. As entregas à FAB acontecerão entre 2019 e 2024.