FORMATURA

Força Aérea Brasileira tem 465 novos Sargentos no efetivo

Os graduados vão atuar em diversas localidades do País
Publicado: 20/06/2015 10:13
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea

“Estou muito orgulhoso e emocio  nado. Fui inspirado pela minha irmã que também é militar da Força Aérea Brasileira (FAB)”. O depoimento é do Terceiro Sargento Evandro Bustamante da especialidade bombeiro. Ele e mais 464 militares se formaram em 28 especialidades na última sexta-feira (19/06) na Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR), localizada em Guaratinguetá (SP).

A cerimônia foi presidida pelo Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato, e contou com a participação de diversas autoridades, além dos familiares e amigos dos formandos. “Os conhecimentos técnicos dos militares serão fundamentais para a Força Aérea”, destacou o Brigadeiro Rossato.

Os 465 novos sargentos são integrantes de duas turmas. Desses, 322 alunos pertencem à turma Xavante do Curso de Formação de Sargentos (CFS) e 143 à turma Búfalo do Estágio de Adaptação à Graduação de Sargento (EAGS). Os cursos se diferenciam pelo tempo de formação e pelo pré-requisito de entrada. No CFS, com duração de dois anos, é necessário ensino médio para ingressar e no EAGS, com duração de seis meses, é necessário o ensino técnico.

A formanda Natália Calixto é a primeira militar da família. Carioca, ela se prepara para uma nova vida na capital paulista. Mais especificamente, no Parque de Material Aeronáutico de São Paulo (PAMA-SP). Segundo a nova sargento, o objetivo é desempenhar um bom trabalho na especialidade que ela escolheu: eletricidade e instrumento. “Quero poder ajudar sempre”, afirmou.

Já o pernambucano especialista em administração, Sargento Herony de Mendonça de Andrade, realizou um sonho. “Desde criança eu quero ser militar. Estão aqui meus pais para comprovar. Sempre quis servir à Aeronáutica”, afirmou. Ele conta que a profissão inspira os mais próximos. “Vizinhos e primos me procuram para saber como ingressar na Força Aérea e como é a escola. Aí eu mostro os caminhos e falo para eles que têm que gostar do que fazem”, afirma.

Primeiros Colocados

O Sargento Pablo Camilo Xavier Medeiros foi o primeiro colocado do CFS e o Sargento Matheus Serafim Oliveira de Souza foi o primeiro colocado da EAGS. Ambos receberam das mãos do Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato, o Prêmio Força Aérea Brasileira; e das mãos do Diretor-Geral do Departamento de Ensino da Aeronáutica (DEPENS) e Comandante-Geral do Pessoal, Tenente-Brigadeiro do Ar Raul Botelho, o Prêmio Honra ao Mérito, do Ministério da Defesa.

Militar da especialidade bombeiro, o sargento Xavier explica que concretizou um sonho. “O que me motiva é a possibilidade de salvar vidas. Sempre quis ser militar”, afirma. Já o especialista em administração, Sargento Serafim, conta o que o inspirou a ingressar na FAB. “A profissão é diferente de todas”, ressalta.

A EEAR

A Escola de Especialistas é considerada o maior centro técnico militar da América do Sul e já formou mais de 70 mil militares. A unidade ocupa um espaço de aproximadamente 10 milhões de metros quadrados, com uma área construída superior a 119 mil metros quadrados. O efetivo é composto por quase 1.800 militares e civis.

Saiba o passo a passo para ser sargento da Força Aérea Brasileira. 

Veja como é o dia a dia do aluno na EEAR: