AJUDA HUMANITÁRIA

Criança indígena com fraturas é resgatada pela FAB

Menino foi transportado para Manaus devido à necessidade de um procedimento cirúrgico delicado
Publicado: 11/06/2015 07:40
Imprimir
Fonte: VII COMAR

A criança estava com fraturas na perna e no punho  Ten Diogo e Ten AlmeidaO Esquadrão Cobra (7° ETA) transportou um menino que necessitava de tratamento médico especializado da comunidade indígena Baré, localizada em São Gabriel da Cachoeira, para Manaus (distante cerca de 850 km). A criança, de sete anos, caiu de uma árvore, fraturou o fêmur direito em duas partes e também teve fratura exposta no punho esquerdo. A Evacuação Aeromédica (EVAM) aconteceu no sábado (06/06) com a aeronave C-98 Caravan.

O Sétimo Serviço Regional de Saúde (SERSA-7) recebeu o pedido de um hospital de São Gabriel da Cachoeira solicitando a transferência do paciente para Manaus, visando à realização de procedimento cirúrgico de maior complexidade. No sábado, por volta das 13h (14h de Brasília), a aeronave do Esquadrão Cobra pousou em Manaus com a criança a bordo.

A Tenente Médica Fabianne Lívia Pereira Batista, do Hospital de Aeronáutica de Manaus (HAMN), e um sargento enfermeiro acompanharam a tripulação no resgate do menino.

“Ele tinha uma fratura exposta no pulso e precisava se submeter à cirurgia para colocar o pulso no lugar e estabilizar. A perna também estava fora do lugar. A reconstrução óssea em crianças é muito rápida. Em pouco tempo, poderia consolidar de forma errada e o osso ficaria fora do lugar. No caso da fratura exposta, o risco era infecção óssea com possibilidade de amputação ou de óbito”, disse a médica.