SOCIAL

Centro de Lançamento de Alcântara pode ter ensino tecnológico

O CLA tem a missão de executar atividade de lançamento e rastreio de engenhos aeroespaciais
Publicado: 15/05/2015 16:30
Imprimir
Fonte: Ministério da Defesa

  O Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), situado no estado do Maranhão, poderá contar com um núcleo de formação tecnológica. O tema foi apresentado, nesta sexta-feira (15/05), pelo governador do Estado, Flávio Dino, ao ministro da Defesa, Jaques Wagner. Durante a audiência, o governador propôs a elaboração de um estudo que possa viabilizar a prática do ensino tecnológico nessa unidade militar, que pertence à Força Aérea Brasileira (FAB). "A base existe há 30 anos e nunca tivemos lá uma escola para formação em questão tecnológica", disse o governador.

  Criado em 1º de março de 1983, o Centro de Lançamento de Alcântara tem por missão executar as atividade de lançamento e rastreio de engenhos aeroespaciais, além de coleta e processamento de dados de suas cargas úteis. Também executa testes e experimentos de interesse do Comando da Aeronáutica, relacionados com a Política Nacional de Desenvolvimento das Atividades Espaciais (PNDAE).

No CLA são realizadas atividades do Programa Espacial Brasileiro como o "Programa Microgravidade", quando são lançados experimentos científicos e tecnológicos a bordo de veículos que alcançam ambiente de microgravidade e fornecem dados para o aperfeiçoamento de pesquisas nas áreas de eletrônica, biotecnologia, mecânica, entre outras. Em pouco mais de 30 anos, o centro realizou o lançamento de 470 veículos espaciais nacionais e estrangeiros, num total de 93 operações realizadas até hoje. Por tudo isso, é conhecido como a "Janela Brasileira para o Espaço".

 Assista o FAB em ação sobre o Centro de Lançamento de Alcântara: