ACIDENTES AERONÁUTICOS

FAB promove curso para setor agrícola em Canoas (RS)

As inscrições podem ser feitas até o dia 26 de maio
Publicado: 20/05/2015 09:02
Imprimir
Fonte: SERIPA V

  O Quinto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA V) realiza,  entre os dias seis e 17 de julho, o Curso de Prevenção de Acidentes Aeronáuticos - Aeroagrícola (CPAA-AG). O treinamento é destinado a pilotos, diretores e proprietários de empresas, além de auxiliares técnicos, mecânicos e gestores de segurança operacional que atuam na atividade da Aviação Agrícola.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas até o dia 26 de maio. Basta preencher o formulário disponibilizado em www.cenipa.aer.mil.br/cenipa/cursos/. O candidato deverá formalizar a matrícula no curso através da indicação da empresa ou organização em que trabalha, informando o nome completo e o CPF no e-mail: inscricao@seripa5.aer.mil.br.

As palestras ocorrem em Canoas (RS), nas dependências do Quinto Comando Aéreo Regional (V COMAR) e as vagas são limitadas.  

Prevenção de acidentes

O objetivo principal é transmitir conhecimentos básicos para o desenvolvimento de atividades de prevenção em nível organizacional e, também, ampliar o diálogo com a comunidade da Aviação Agrícola para a importância do gerenciamento do risco na atividade aérea como fator diferencial na produtividade.

Em sua quinta edição, o curso duplica a carga horária, que passa de 40 para 80 horas, com a inclusão de exercício prático de vistoria de Segurança de Voo, com o acompanhamento e orientação dos investigadores do SERIPA V.
Especialistas vão falar sobre temas, como vistoria de segurança de voo, aspectos jurídicos do SIPAER (Sistema de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos), prevenção de acidentes na manutenção, combustíveis e lubrificantes, risco de fauna.

Na opinião do Chefe do SERIPA V, Tenente-Coronel Aviador Luís Renato Horta de Castro, o ideal seria profissionalizar a prevenção em todos os níveis da empresa aeroagrícola.

As invetigações de acidentes mostram um descompasso entre o escopo do Sistema de Gerenciamento de Segurança Operacional e o padrão de operação da maioria das empresas. É preciso erradicar a complacência de posturas, atitudes e decisões que atentam contra a Segurança de Voo", declara.

Estatísticas apontam para altos índices de acidentes na Aviação Agrícola da Região Sul. O Paraná é o estado que mais se destaca nos índices negativos por ser o maior produtor agrícola da região. Para reduzir o elevado número de ocorrências aeronáuticas, o órgão regional foca na mudança de mentalidade dos profissionais.

Panorama da Aviação Agrícola

O piloto aeroagrícola trabalha diante de obstáculos, como linhas de energia, árvores e torres de operadoras de televisão, telefonia celular e rádio. No mais completo isolamento, é pressionado pela urgência das safras que exigem o rápido combate às pragas, bem como as condições meteorológicas adversas.

A Aviação Agrícola, que atua no desenvolvimento da agricultura por meio da aplicação de fertilizantes, sementes e defensivos, reflorestamento e combate a incêndios em campos e florestas, é um serviço aéreo especializado ligado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

O SERIPA V é o órgão regional vinculado ao Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), com jurisdição nos estados de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul. Criado em 2007, atua na prevenção de acidentes aeronáuticos para preservar recursos humanos e materiais, tornando o voo cada vez mais seguro.

Serviço:

Local do curso : Quinto Comando Aéreo Regional (V COMAR) - Rua Guilherme Schell, 3950, Canoas (RS). 

Mais informações: (51) 3462-1333 / 3462-1353.