ENSINO

FAB forma novos militares das áreas de saúde e técnica

Os 91 novos aspirantes vão atuar em Recife, Fortaleza, Salvador e Alcântara
Publicado: 23/03/2015 17:35
Imprimir
Fonte: II COMAR

A Força Aérea Brasileira formou Tradicional Fora de Forma  S2 Alves Silvana última sexta-feira (20/03) 91 militares das áreas de saúde e técnica em Recife (PE), Fortaleza (CE), Salvador (BA) e Alcântara (MA). Os profissionais foram declarados aspirantes a oficial e vão exercer as funções de dentista, médico, farmacêutico, enfermeiro, assistente social, contabilista, administrador e advogado.

Os novos militares passaram pelo Estágio de Adaptação e Serviço (EAS) e pelo Estágio de Adaptação Técnico (EAT). Durante os cursos, com duração de 50 dias, os futuros oficiais receberam instruções de regulamento militar, chefia e liderança, ordem unida, educação física, tiro e legislação.

Em Recife, foram 32 formandos que vão atuar na área do Segundo Comando Aéreo Regional (II COMAR), localizado na cap  ital pernambucana. Entre eles, as primeiras colocadas: aspirantes Kimie Correia Konish e Edja Rodrigues Rodrigues dos Santos.

Já em Fortaleza, os 27 novos aspirantes receberam as boas-vindas do Comandante da Base Aérea de Fortaleza, Coronel Aviador Francisco Claudio Gomes Sampaio. “Esse momento ficará na memória de todos pelo sentimento de conquista e, principalmente, de dever cumprido”, declarou.

Segundo a primeira colocada em Fortaleza, a Aspirante Médica Lorena Pitombeira Sanders, o curso foi um desafio. “Foi muito cansativo, exigiu muito de mim fisicamente e psicologicamente, mas valeu cada esforço feito”, afirmou.

Para o Aspirante Médico Adriano Antunes de Assis, a formatura foi um momento de alegria. “A emoção de estar aqui hoje é muito grande. O curso realmente prepara a gente para o serviço militar e é indescritível nosso sentimento após esses 50 dias de aprendizado", comentou. 

Em Salvador, 20 aspirantes concluíram o estágio de adaptação e participaram da formatura de compromisso à Bandeira Nacional. A turma recebeu o nome de Athene. “É uma grande satisfação poder prestar meus serviços à sociedade e à Força Aérea, e espero ser importante para a FAB nos próximos anos”, disse o Aspirante Médico Lucas Sousa Macêdo, primeiro colocado no estágio.

Já no Maranhão foi formada a primeira turma de oficiais da área de saúde integralmente no Centro de Lançamento de Alcântara (CLA). São 12 novos Aspirantes para a unidade que atende, atualmente, mais de 4.000 usuários, entre civis, militares e dependentes pelo sistema de saúde da Guarnição de Aeronáutica de Alcântara.

EAS e EAT

O EAS consiste em seleção simplificada para incorporação e prestação do serviço militar pelos estudantes de medicina, veterinária, farmácia e odontologia, de forma transitória e por tempo determinado, para o exercício de atividades especializadas na Marinha do Brasil, Exército Brasileiro e Força Aérea Brasileira. Para as mulheres, a prestação do serviço é voluntária. Para os homens, a apresentação é obrigatória.

Já o EAT ocorre mediante seleção profissional por meio de análise curricular para atividades, conforme necessidade do Comando da Aeronáutica, realizada no âmbito dos sete comandos aéreos regionais e organizações militares jurisdicionadas. Dividido em três fases, ao término da primeira fase os estagiários serão declarados aspirantes a oficiais do Quadro de Oficiais Convocados (QOCon). Após seis meses, os aspirantes são promovidos ao posto de Segundo-Tenente, podendo permanecer na FAB por até oito anos, prorrogável por mais um ano, de acordo com o interesse individual e a critério do Comando da Aeronáutica.

 

 

imagens/original/24693/eateas (4).jpg
imagens/original/24693/eateas (3).jpg
imagens/original/24693/eateas (7).jpg
imagens/original/24693/eateas (9).jpg
imagens/original/24693/eateas (2).jpg
imagens/original/24693/grupamento de formandos_.jpg