TECNOLOGIA

FAB assina primeiro contrato no âmbito da Lei de Inovação

O instrumento poderá ajudar no trabalho de monitoramento para prevenção de desastres naturais
Publicado: 20/03/2015 15:46
Imprimir
Fonte: IAE/DCTA

Foto 1  IAE/DCTAA Força Aérea Brasileira assinou, no dia 11 de março, em São José dos Campos (SP), a primeira licença de transferência de tecnologia para o mercado privado, graças a Lei de Inovação (Lei nº 10.973, de 2 de dezembro de 2004). Trata-se de um equipamento móvel, desenvolvido pelo Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE), capaz de registrar medidas atmosféricas, como pressão, temperatura e umidade relativa. Batizado como Sistema de Aquisição de Dados Meteorológicos e Dispositivo em Plataforma Portátil, ele agora poderá ser comercializado pela empresa Campbell Scientific do Brasil.

O contrato foi assinado pelo Diretor do IAE, Brigadeiro Engenheiro Leonardo Magalhães Nunes da Silva, e pelo representante legal da Campbell Scientific do Brasil Ltda, Deivide Giancarlo Paolo Margelli. O acordo prevê que a empresa esteja habilitada à adaptação industrial, produção e comercialização do sistema, de caráter exclusivo.

O instrumento poderá ser utilizado na indústria eletrônica e no setor de monitoramento metereológico e ambiental para ajudar no trabalho de prevenção de desastres naturais e de pesquisas ambientais. Ele é também o primeiro produto em instrumentação metereológica da FAB, cuja patente foi registrada no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI).

INVENÇÃO

O Sistema de Aquisição de Dados Meteorológicos e Dispositivo em Plataforma Portátil foi inventado pelo Tenente-Coronel Eduardo Iorio Pereira e o engenheiro Hildo Romeu Quinsan Júnior, ambos servidores do IAE que participaram do projeto em suas diversas fases. Além de medir condições metereológicas de forma portátil, poderá ser transportado por uma pessoa efetuando medidas em percurso ou em pontos fixos, como estação de superfície.