SAÚDE

Hemocentros precisam de doações de sangue em todo o Brasil

Somente 2% da população brasileira doa sangue, e o número cai durante o período de carnaval
Publicado: 11/02/2015 15:54
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea

  COMAR IO período de carnaval é uma das épocas do ano em que os estoques dos bancos de sangue de todo o país sofrem a maior redução de doações. De acordo com o Ministério da Saúde, somente 2% da população faz doações com regularidades, e o número diminui ainda mais durante o carnaval, quando também aumenta a demanda de bolsas de sangue em hospitais de urgência e emergência.

“A Organização Mundial da Saúde (OMS) preconiza que 5% da população de um país doem sangue regularmente para manter os estoques de sangue dos hemocentros. No Brasil esse percentual está entre 2% e 2,5%”, explica o gerente médico da Associação Beneficente de Coleta de Sangue (Colsan), Fábio Lino.

Uma dessas doadoras regulares é a Capitão Amália Affonso Braynner, da Comissão de Promoção de Oficiais da Aeronáutica (CPO). De três em três meses, limite mínimo entre uma doação e outra, a militar procura uma unidade do Hemocentro. A iniciativa começou há mais de dois anos, para ajudar a esposa de um amigo que estava doente. “Ano passado minha filha doou para uma amiga e depois me convidou para que fizéssemos esse gesto com frequência”, comenta.

A militar fala do gesto com naturalidade, uma vez que sempre tentou ajudar as pessoas como pôde. Quando amamentava a filha, também foi doadora de leite. O tipo sanguíneo da Capitão Amália é O -, considerado raro, mas que pode salvar muitas vidas por ser doador universal. “Dôo sangue para ajudar alguém. Assim me sinto mais humana. Não preciso conhecer quem é essa pessoa”, acrescenta.

Quer doar sangue? Procure uma unidade mais perto de você:

 Unidades Hemocentro do Brasil

Quem pode doar?
Homens e mulheres entre 16 e 69 anos, sendo que os menores de idade devem estar acompanhados do responsável. É preciso que o doador tenha mais de 50 quilos e estar em boas condições de saúde. Também é necessário apresentar documento de identificação com foto. O procedimento dura aproximadamente 40 minutos e é realizado por profissionais qualificados. O período entre uma doação e outra deve ser de 60 dias para os homens e de 90 para as mulheres.