SOCIAL

Escola de Especialistas de Aeronáutica recebe prêmio do Ministério da Defesa

A unidade da FAB foi reconhecida pela melhor gestão do Projeto Soldado Cidadão
Publicado: 21/11/2014 09:29
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea

EEAR recebe o Prêmio de Melhor Gestão  Cb V. Santos/CecomsaerA Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR) recebeu nesta quinta-feira (20/11) o Prêmio de Melhor Gestão do Projeto Soldado Cidadão, promovido pelo Ministério da Defesa. Esta é a quinta edição do evento que, além de reconhecer as organizações militares mais eficientes na administração da iniciativa, estimula a melhoria do serviço oferecido. A cerimônia de entrega, realizada em Brasília, comemorou também os 10 anos do projeto e contou com a participação de autoridades civis e militares, entre elas o Ministro da Defesa Celso Amorim.

O objetivo do programa é oferecer qualificação profissional aos recrutas para facilitar seu ingresso no mercado de trabalho após o término do serviço militar. Em 2014, a EEAR ampliou em mais de quatro vezes o número de vagas previstas para os cursos, saltando de 30 para 132 vagas. O aumento, de iniciativa da própria Escola, contou com a parceria do SENAC e SENAI. “Quando começamos um trabalho desses não aspiramos esse reconhecimento, isso é consequência. Recebendo esse prêmio vamos ao encontro com a nossa vocação enquanto Escola, que é a de formar”, afirma o coordenador do projeto na EEAR, Coronel Darly Vieira. A Escola de Especialistas foi escolhida para receber o prêmio entre as mais de 20 unidades da Força Aérea Brasileira (FAB) que fazem parte do projeto.

Também com recursos próprios e apoio da Subdiretoria de Abastecimento (SDAB) foi montada uma padaria dentro da EEAR. O investimento dá oportunidade de trabalho aos alunos do projeto e permite uma economia com os itens consumidos nas refeições diárias do efetivo. Entre os cursos oferecidos pela Escola estão os de padeiro, hidráulica, refrigeração, pintor, pedreiro e eletricista.

Há um ano e meio na FAB, o soldado Keven Lucas Cavalcante dos Reis já fez três cursos pelo projeto. “Se não fosse pela Força Aérea e o Soldado Cidadão eu não teria essa qualificação. Foi assim que conheci o serviço de bombeiro civil, que eu gosto muito. Além disso, fiz curso de empreendedorismo que me deu conhecimentos sobre educação financeira para investir no meu futuro”, revela Keven. O militar também fez o curso de instalação de alarmes. Em 10 anos, o projeto já qualificou mais de 200 mil soldados na Força Aérea, Marinha e Exército.Em 10 anos, 200 mil soldados foram beneficiados pelo projeto  Cb V. Santos/Cecomsaer

Durante a cerimônia de entrega do prêmio, entidades civis, militares e parceiros receberam o diploma de “Colaborador do Projeto Soldado Cidadão”. Em comemoração aos 10 anos, foi exibido um vídeo com depoimentos de ex-soldados, coordenadores, empregadores e instrutores do programa. “É motivo de grande alegria comemorar uma década desse projeto tão importante, símbolo do compromisso das Forças Armadas com a inclusão social e desenvolvimento do nosso país”, afirmou o Ministro da Defesa Celso Amorim.

Prêmio – A premiação é realizada pelo Ministério da Defesa para reconhecer as Organizações Militares mais eficientes na gestão do Soldado Cidadão. O processo para a escolha dos indicados é feito em duas etapas. Primeiro o Comando da Força Aérea, Marinha e Exército indicam três Unidades que oferecem o projeto. Em seguida, um Comitê Gestor do Ministério Defesa escolhe a vencedora de cada Força. Entre os critérios de avaliação estão caráter inovador, redução de custos, material didático e frequência dos alunos.

Assista ao vídeo abaixo e conheça um pouco mais da história de quem fez e faz parte do Projeto Soldado Cidadão:

imagens/original/23627/1411206968vsa0013(c)vinicius_santos.jpg
imagens/original/23627/1411206988vsa0026(c)vinicius_santos.jpg
imagens/original/23627/1411206996vsa0034(c)vinicius_santos.jpg
imagens/original/23627/1411207065vsa0098(c)vinicius_santos.jpg
imagens/original/23627/1411207117vsa0149(c)vinicius_santos.jpg
imagens/original/23627/1411206980vsa0020(c)vinicius_santos.jpg
imagens/original/23627/1411207004vsa0041(c)vinicius_santos.jpg