OPERACIONAL

Exercício de guerra simulada inicia segunda fase

Diferentes cenários de guerra e novas aeronaves elevam o nível de complexidade na Operação BVR2/Sabre
Publicado: 29/08/2014 15:44
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea

A expectativa é que, ao fim do exercício, sejam realizadas 1.300 decolagens  Cb Vinícius Santos/Agência Força AéreaO Exercício Operacional BVR2/Sabre, que reúne mais de 60 aeronaves e 500 militares na Base Aérea de Anápolis (BAAN), entra em uma nova fase. Vão entrar em ação as aeronaves A-29, A-1, R-35A e, pela primeira vez nesse tipo de exercício, a Aeronave Remotamente Pilotada Hermes 450. Também irá participar o Primeiro Grupo de Defesa Antiaérea (1° GDAAE).

“Até agora nosso treinamento estava voltado somente para o combate aéreo simulado. A partir da próxima semana passamos a incluir ataques de solo, além de novas aeronaves”, destaca o Coronel Paulo Roberto Moreira de Oliveira, Chefe do Estado-Maior da Terceira Força Aérea (III FAE). Já estavam em ação caças F-5M, aviões-radar E-99 e o reabastecedor KC-130 Hércules.

Iniciado no dia 18 de agosto, o exercício segue até o dia 18 de setembro. 

Confira as imagens da primeira fase do exercício operacional BVR2/Sabre:

Assunto(s): , ,