ÁGATA 8

Força Aérea realiza apreensão de drogas durante operação em Manaus

Cães de Guerra do Batalhão de Infantaria Especial são utilizados no combate ao narcotráfico na região
Publicado: 21/05/2014 09:29
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea

  Militares do Batalhão Uiruuetê da Força Aérea Brasileira (FAB) apreenderam 16 quilos de entorpecentes, na noite de domingo (18/05), em operação conjunta realizada no Porto da Ceasa, zona sul da capital do Amazonas. Utilizando Cães de Guerra do Batalhão de Infantaria Especial de Manaus (BINFAE-MN), a Aeronáutica fiscaliza, desde o início da Operação Ágata 8, as embarcações que chegam ao local.

O ilícito foi detectado pela cadela Hanna, animal treinado pelo batalhão para a realização de atividades policiais. O trabalho com os cães começa quando os animais ainda são filhotes e segue com treinamento constante até as idades limites para essas funções, na faixa de 6 a 8 anos. O BINFAE-MN possui cães da Belga Malinois, raça mais indicada para a função, além de pastores alemães e belgas que também desempenham bem as missões policiais.

Os animais são acompanhados e recebem cuidados constantes de um veterinário e de adestradores. "Escolhemos filhotes das raças mais adequadas e com mais aptidão para o treinamento. Para os cães, o trabalho é como se fosse uma brincadeira, pois os preparamos para associarem o cheiro dos entorpecentes ou de explosivos, por exemplo, ao de seus brinquedos. Dessa forma, os animais acreditam ir atrás do brinquedo e não dos produtos", explica o chefe do Pelotão de Cães de Guerra, Tenente Veterinário Carlos Alberto Jatobá Lima.