AVIAÇÃO MILITAR

Termina em Brasília estágio avançado de prevenção para comandantes

Publicado: 28/02/2014 11:50
Imprimir
Fonte: CENIPA

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) encerrou nesta quinta-feira (27/Comandantes,chefes e diretores em sala de aula  02) o Estágio de Gerenciamento Avançado da Prevenção (EGAP), em Brasília. O curso reuniu comandantes, chefes e diretores de organizações militares da Força Aérea Brasileira (FAB), Exército, Marinha, Segurança Pública, Corpo de Bombeiros, além de representantes da Força Aérea Equatoriana, que há quatro anos mantém parceria com o CENIPA.

O estágio é realizado todos os anos e tem o objetivo de atualizar conhecimentos e técnicas de prevenção, além de valorizar o trabalho do elemento credenciado em segurança de voo nas organizações da aviação militar. Para o comandante do Comando-Geral de Operações Aéreas (COMGAR), Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Rossato, a atividade aérea segura é responsabilidade do comandante. "A maior preocupação de um comandante deve ser com a prevenção de acidentes e com o dever de estimular a mentalidade adequada de segurança de voo", afirmou o oficial-general.

Durante os três dias de curso, os militares foram apresentados a diversos temas, como os aspectos jurídicos no acidente aeronáutico, ferramentas e programas da prevenção, gerenciamento da prevenção, prevenção de acidentes organizacionais e o gerenciamento do risco.

Para o chefe do CENIPA, Brigadeiro do Ar Luís Roberto do Carmo Lourenço, os novos comandantes devem alertar os seus subordinados para que continuem com as ações de segurança de voo. "A prevenção exige mobilização geral, e o CENIPA trabalha dia e noite nessa missão. Estamos receptivos às organizações que desejarem apoio no gerenciamento do risco", declarou o chefe do centro.

Gerenciamento da segurança de voo

Um dos participantes do estágio, o Comandante da Base Aérea de Canoas (RS), Tenente-Coronel Aviador Paulo Eduardo do Amaral Navarro, destacou o conhecimento, o preparo e o gerenciamento da prevenção promovidos pelo EGAP.

Segundo o Comandante do Esquadrão Pelicano (2º/10º GAV), Tenente-Coronel Aviador Higino José de Oliveira, as instruções aprendidas durante o estágio serão levadas à unidade de busca e salvamento que ele comanda. "Com a mentalidade de segurança de voo mais fortalecida, retorno à minha unidade para implementar a prevenção nas questões relacionadas ao gerenciamento de cabine, na verificação das recomendações de segurança de voo, além de desenvolver e intensificar atividades educativas”, afirmou.

Já o Tenente-Coronel Aviador Mark Lima dos Santos, piloto de aviação de caça e Comandante do Campo de Provas Brigadeiro Veloso, localizado na Serra do Cachimbo (PA), a segurança de voo é também fundamental durante os exercícios militares. “Hospedamos aeronaves que realizam exercícios militares e precisamos dar suporte à segurança de voo para a continuidade da missão", explicou o Tenente-Coronel Mark.