COMANDO

V COMAR tem novo comandante

Publicado: 22/04/2013 09:05
Imprimir
Fonte: V COMAR

O Quinto Comando Aéreo Regional (V COMAR) realizou na terça-feira (16/04) a Passagem de Comando do Major Brigadeiro do Ar Flávio dos Santos Chaves para o Major Brigadeiro do Ar Roberto Carvalho. O oficial general é natural da cidade do Rio de Janeiro-RJ. Iniciou a carreira militar em 1976 e foi promovido ao atual posto em 2011. Antes de assumir o Comando do V COMAR, esteve à frente da Subchefia de Inteligência Estratégica do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas.

Prestigiaram a cerimônia militar o Comandante da Aeronáutica, Tenente Brigadeiro do Ar Juniti Saito, e Oficiais Generais do Alto Comando, entre outras autoridades militares e civis, como o Comandante Militar do Sul, General de Exército Carlos Bolivar Goellner.

A solenidade foi presidida pelo Comandante Geral de Operações Aéreas, Tenente Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato, que em seu discurso relembrou a trajetória do Major Brigadeiro Chaves e destacou a relevância de seu trabalho para a Força Aérea Brasileira.

O Major Brigadeiro Chaves agradeceu a todos os subordinados e apoiadores de outras instituições, desejou sucesso ao seu substituto e demonstrou seu reconhecimento pelo efetivo do V COMAR: “Foram dois anos de muito trabalho. Aumentamos a carga horária trabalhada. Agilizamos e aperfeiçoamos alguns processos, tudo com o objetivo de melhor cumprir a missão da organização. O meu reconhecimento àqueles que deram um pouco mais a cada dia para que a organização pudesse cumprir melhor com suas obrigações”.

Além da passagem de comando, a cerimônia marcou a passagem do Major Brigadeiro Chaves para a reserva. Ao se despedir, contou um pouco de sua história na FAB, homenageou a família e, mais uma vez, agradeceu a convivência com superiores, pares e subordinados: “Depois de 42 anos, deixarei de vir ao quartel todos os dias. Aprendi muito nesse período. Espelhei-me nos bons exemplos de meus chefes e comandantes e tentei imitá-los naquilo que julgava que cada um tinha de melhor. Aprendi muito com inúmeros subordinados e neles também me espelhei. Tentei transmitir esses ensinamentos e os valores que sempre cultuei: a ética, o profissionalismo, a camaradagem, a honestidade de propósito, a verdade, o altruísmo e tantos outros”.