CIÊNCIA E TECNOLOGIA

FAB leva atrações para evento em Brasília

Publicado: 17/10/2012 09:52
Imprimir
Fonte: Agência Força Aérea

A Força Aérea Brasileira participa da 9ª edição da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação realizada no Parque da Cidade, em Brasília. No evento, que vai até o dia  21, cerca de 100 expositores estão divididos em oito espaços temáticos: energia, tecnologia, água, biodiversidade, educação, reciclagem, segurança alimentar e institucional. São esperadas 200 mil visitantes.

O Departamento de Ciência e Tecnologia da Aeronáutica (DCTA)  preparou atividades ligadas ao tema da sustentabilidade atrelada à tecnologia, que é um dos pilares do evento. O estande da FAB, com 240m2, conta com um laboratório interativo de ciências, uma área com simuladores de vôo, além de um espaço para oficina de arte com materiais de lixo eletrônico e exposições de foguetes, mísseis e outros materiais bélicos.

No laboratório, os participantes podem experimentar a sensação de flutuar no espaço através do girotec, um simulador antigravidade. Também poderão ter seus cabelos arrepiados ao tocar na superfície do gerador de Van de Graaff, no qual a eletrização de uma cúpula produz carga de mesma polaridade, que faz os fios serem repelidos ao ser tocada. Outros dois equipamentos demonstram na prática a transformação de energia mecânica em elétrica e a multiplicação da força mecânica, através da chamada alavanca de Arquimedes.

Na oficina, coordenada pelo artista plástico e funcionário do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), Gilberto Vieira Mendes, uma nova proposta de arte por meio da reciclagem e da criatividade contribuem para a conservação ambiental. Com todo tipo de eletrônico descartado, ele propõe a quebra do conceito atual de “já pronto” para construir o novo por meio de um pensamento singular, através do lixo eletrônico. “Não existe certo ou errado. O certo é o que você criar, pois cada material é diferente, o que resulta em algo diferente e único”, ele conta. Esse conhecimento difundindo aos visitantes do evento visa mostrar as possibilidades infinitas de emprego do lixo para reciclagem e também para a valorização de novas ideias transformadas em peças de arte. Para tanto são usados disquetes, CDs, pilhas, baterias velhas e quaisquer eletrônicos que tenham sido descartados.

Vale a pena checar também as maquetes de foguetes e as réplicas de tamanho real que estão expostas nos espaços destinados ao Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE) e ao Instituto de Estudos Avançados (IEAv). Em todo estande, militares e civis envolvidos na Semana explicam os projetos que estão sendo desenvolvidos em São José dos Campos, no Departamento de Ciência e Tecnologia da Aeronáutica. Quem visitar o estande também poderá tirar dúvidas a respeito das formas de ingresso na FAB.