CURSO

Base Aérea de Anápolis recebe curso de emergência aeronáutica

Publicado: 18/06/2012 10:40h
Imprimir
Fonte: Base Aérea de Anápolis

A quinta edição curso de emergência aeronáutica em aeródromo realizado na Base Aérea de Anápolis (BAAN) contou com 71 participantes, reunindo militares da BAAN, socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e bombeiros militares de Anápolis. O curso tem objetivo de treinar e atualizar os militares ligados ao Plano de Emergência Aeronáutica em Aeródromo (PEAA) da BAAN nos conhecimentos e técnicas de atendimento de trauma e resgate de vítimas aeronáuticas, disponibilizando aos alunos protocolos internacionais (ATLS, ACLS, PHTLS, BLS) e nacionais atualizados, capacitando-os a participar das atividades inerentes ao atendimento de ocorrências na BAAN e áreas adjacentes.

Neste ano, o curso reforçou o intercâmbio operacional entre os principais órgãos capacitados de assistência às vítimas de trauma da localidade. 

Instruções de segurança de voo relacionadas às aeronaves orgânicas da BAAN e a divulgação do Plano de Emergência Aeronáutica em Aeródromo (PEAA) BAAN 2012, também fizeram parte do conteúdo programático, com a finalidade de elevar o grau de consciência situacional e ampliar a integração entre os diversos órgãos internos e externos, envolvidos nas situações de possível emergência aeronáutica.

Explorando as capacidades psicomotoras ao máximo, os alunos iniciaram o curso entendendo a priorização sistematizada, no atendimento de uma vítima grave e chegaram ao final do mesmo, explorando a capacidade do conceito de equipe no ambiente pré-hospitalar e o gerenciamento de cenários críticos com múltiplas vítimas, segundo os protocolos de trauma e medicina de desastres já citados.

Pelo segundo ano consecutivo, o curso foi coordenado pela Seção Aeromédica do Esquadrão de Saúde da BAAN que concentrou esforços para promover um curso de excelência com a participação de palestrantes capacitados na área de medicina, enfermagem, segurança de voo, além de palestrantes militares da BAAN e do 3º BI.

Uma simulação de acidente aeronáutico, através do acionamento do PEAA, realizado em 13/6, encerrrou o curso. Para simular a situação, houve a participação voluntária de 30 estudantes de medicina da Universidade UniEvangélica, que representaram situações de lesões traumáticas mais frequentes em um acidente. Ambulâncias do Esquadrão de Saúde da BAAN, do SAMU e dos bombeiros foram utilizadas na evacuação das vítimas. O fluxo de transferência de vítimas aeroembarcadas da BAAN ao Hospital de Urgência de Anápolis também foi simulado.

imagens/original/13173/img_4648.jpg
imagens/original/13173/img_4652.jpg
imagens/original/13173/img_4672.jpg
imagens/original/13173/img_4685.jpg
imagens/original/13173/img_4690.jpg
imagens/original/13173/img_4699.jpg
imagens/original/13173/img_4707.jpg
imagens/original/13173/img_4732.jpg
imagens/original/13173/img_4735.jpg
imagens/original/13173/img_4768.jpg